Conheça a incrível história de como o megainvestidor americano Warren Buffett adquiriu a Berkshire Hathaway

Humberto Maurício Pennacchia
null
1

Crédito: Reprodução / Pixabay

Você já ouviu falar de Warren Buffett? Conhece um pouquinho dos negócios desse megainvestidor americano? Sabe, por exemplo, como ele adquiriu a Berkshire Hathaway? Nesta matéria, você conhecerá detalhes desse negócio incrível feito por  Buffett que é considerado uma lenda do mercado financeiro.

Conheça a Berkshire Hathaway:

A Berkshire Hathaway, atualmente, é uma companhia sediada em Omaha, no Nebraska, nos Estados Unidos, que supervisiona e gere um conjunto de empresas subsidiárias (empresa controlada por outra). As raízes da Berkshire Hathaway remontam a uma empresa de fabricação de têxteis, criada por Oliver Chace em 1839, como Companhia Valley  Falls, Rhode Island.

 A empresa de têxteis Berkshire Hathaway não era considerada, a época, uma empresa interessante para se investir. Ela estava sendo, gradativamente, destruída pela concorrência de empresas têxteis  do exterior, particularmente as asiáticas. As importações de fios e artigos similares eram bem mais baratas do que o que era fabricado nos Estados Unidos.

Warren Buffett se interessou em comprar ações dessa empresa por um único motivo, os sócios da Berkshire Hathaway a época, ainda tinham esperança de recuperar a empresa, para isso, estavam diminuindo a produção, fazendo novos investimentos, criando uma nova forma para manter o negócio.

Buffett percebeu que a empresa estava enxugando o quadro de funcionários, além disso, notou que a ação da companhia estava sendo negociada por um preço abaixo do valor patrimonial. Feita esta constatação, Buffett resolveu comprar, maciçamente, lotes  de  ações da Berkshire Hathaway. Gradativamente, Buffett passou a deter um percentual  cada vez maior na companhia.

Ao notarem que Buffett estava com um percentual grande da empresa, os sócios resolveram fazer uma oferta a ele. Buffett se mostrou interessado em assumir a empresa. É interessante notar que, essa conversa preliminar se deu por telefone, onde chegaram, inclusive, a acertar o preço das ações que seriam vendidas a Warren Buffett. Feito esse acerto, Buffett se dirigiu a sede da empresa para fechar os detalhes finais e assumir o negócio. Porém, ao chegar lá, ele tomou um susto. Não foi exatamente isso que aconteceu. Repentinamente, os sócios resolveram cobrar um preço maior pelas ações, essa atitude deixou Buffett enfurecido. Ele resolveu tomar uma atitude, comprou todas as ações da companhia que estavam sendo negociadas no mercado. Agindo dessa forma,  ele assumiria o controle da companhia  sem que, necessariamente, tivesse de adquirir as ações dos sócios. Aconteceu um detalhe pitoresco durante esse período, como não havia computadores e nem sistema eletrônico  de compra de ações, Buffett teve que andar muito para ir a diversos lugares adquirir todas as ações para, enfim, tomar posse como mandatário da empresa.