Congresso aprova LDO 2020 e calcula salário mínimo em R$ 1.039

Reajuste gerou polêmica, pois não terá aumento real; Oposição tenta ampliar valor

Matheus Leal
Eu Quero InvestirColaborador do

Crédito: Divulgação Congresso

O Congresso aprovou nesta quarta-feira (09) o texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, de 2020. A partir de agora, outras seis sugestões de alteração na proposta serão analisadas e debatidas. A grande polêmica é o valor do aumento salário mínimo.

Já conhece o nosso canal no YouTube? Clique e se inscreva

A princípio o mínimo passaria de R$ 998 para R$ 1.040, porém o governo anunciou que este valor será R$ 1 menor. Ou seja, R$ 1.039. Esse reajuste, porém, é apenas compensatório de acordo com a inflação. Por isso, a oposição tentou reverter e ampliar a quantia para que houvesse, de fato, um aumento real.

No entanto, a proposta foi vetada por 202 votos contrários a 156 a favor. Segundo a equipe de economia do governo, cada R$ 1 acrescido ao mínimo significaria um impacto de R$ 300 milhões. Caso houvesse um ganho real e não apenas uma reposição da inflação, o impacto poderia chegar a R$ 3,3 bilhões.

Caso nada mude, essa será a primeira nos últimos 25 anos em que o governo não concede aumento real aos trabalhadores, que considere não só a inflação, mas também o crescimento econômico do país. E não será apenas em 2020. A tendência é que 2021 e 2022 siga o mesmo panorama utilizando apenas o INPC, Índice de Nacional de Preços ao Consumidor. O INPC tem como objetivo “a correção do poder de compra dos salários, através da mensuração das variações de preços da cesta de consumo da população assalariada com mais baixo rendimento”.

LEIA MAIS

Reforma administrativa promete retirar privilégios de servidores

Megaleilão do pré-sal vira pedra no caminho da Previdência

Desemprego recua, mas ainda atinge 12 milhões de brasileiros

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.