NotíciasPolítica

Confirmado: Moro aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Justiça

Agenda anticorrupção e anticrime organizado será a prioridade do novo ministro, Sérgio Moro.

sergio moro testemunha 1024x576 - Confirmado: Moro aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Justiça
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Em um encontro na manhã desta quinta-feira, (01) o juiz federal Sérgio Moro aceitou formalmente o convite feito pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), para ocupar o posto de ministro da Justiça.

De acordo com Bolsonaro, o futuro ministro contará com plena autonomia para compor a sua equipe e irá dispor de recursos que permitirão implantar um “programa nacional de segurança pública”, que tem por objetivo reduzir a criminalidade e combater a corrupção.

Após a reunião no Rio de Janeiro, Moro divulgou uma breve nota em que se diz honrado pelo convite. O juiz ainda falou sobre o pesar em ter que abandonar cerca de vinte e dois anos de magistratura para assumir o novo cargo, mas também declarou que essa decisão teve como base a perspectiva de se implementar, no país, uma forte agente de combate à corrupção e ao crime organizado, sempre com respeito ao previsto na Constituição Federal, nas leis e direitos que são garantidos a todos.

Sobre a Operação Lava-Jato, Moro esclareceu que os trabalhos continuarão a ser executados em Curitiba, sob a responsabilidade dos juízes locais. O magistrado também informou que irá se afastar de novas audiências envolvendo essa operação e que concederá uma entrevista coletiva com mais detalhes sobre a sua decisão na semana que vem.

Por meio de seu perfil oficial no Twitter, Bolsonaro confirmou a notícia de que Sérgio Moro aceitou o convite para o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ele também destacou que o novo governo terá como norte o combate à corrupção e ao crime organizado, bem como o respeito à Constituição Federal e às leis do país:chrome 2018 11 01 14 50 39 - Confirmado: Moro aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Justiça

A decisão tomada por Moro dividiu opiniões. Por um lado, alguns políticos petistas criticaram a sua atitude, mas de outro, candidatos eleitos e outros políticos o apoiaram.

Já durante o seu voo para o Rio de Janeiro, o magistrado dava indícios de que aceitaria o convite feito pelo presidente eleito. Em uma declaração concedida à TV Globo, Moro defendeu a criação de uma agenda anticorrupção e anticrime organizado.

cms image 000610570 1024x602 - Confirmado: Moro aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Justiça
Crédito da imagem: Reprodução/Internet
Sérgio Moro tornou-se conhecido por sua atuação na Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. O convite para assumir um ministério foi feito ainda durante a campanha de Jair Bolsonaro pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.

Durante o período da campanha eleitoral, Moro retirou o sigilo de uma parte da delação feita pelo ex-ministro Antônio Palocci, em que cita o ex-presidente Lula. Isso acabou atingindo diretamente a campanha de Fernando Haddad (PT), então adversário de Jair Bolsonaro.

Hora do teste de perfil!

Descubra agora se você é um investidor conservador, moderado ou agressivo.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Tags
Mostrar mais

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Close