FIIs: ofertas vão movimentar o mercado nos próximos dias

Carla Carvalho
Graduada em Ciências Contábeis pela UFRGS, pós-graduada em Finanças pela UNISINOS/RS. Experiência de 17 anos no mercado financeiro, produtora de conteúdo de finanças e economia.

Foto: Canva

O mercado de Fundos Imobiliários (FIIs) terá uma agenda agitada de ofertas nos próximos dias. Os Fundos Imobiliários RZTR11, BPFF11 e MGCR11 realizarão captações no mercado.

Confira os perfis destes fundos:

RZTR11 – Riza Terrax

O RZTR11 é o primeiro fundo imobiliário de terras agrícolas a ser negociado na B3. Nesse sentido, tem por objetivo financiar produtores agrícolas através da aquisição de suas terras.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Trata-se de mais uma alternativa de diversificação no mercado de fundo imobiliários, dessa vez no agronegócio.

Conforme os gestores, essas terras serão utilizadas para produção de grãos e fibras preferencialmente no Centro-Oeste. Serão escolhidas localidades que já produzem há, pelo menos, 10 anos.

Dessa maneira, as receitas do fundo terão duas fontes básicas. Tanto o FII poderá alugar a terra para o mesmo produtor que a vendeu, quanto para o futuro comprador. Em ambos os casos, a taxa de arrendamento anual de 6% será paga antecipadamente.

Segundo regulamento, a oferta pública inicial visa captar R$ 750 milhões, ao preço total de R$ 100 a cota.  O RZTR11 será administrado pelo banco Plural e terá a gestão da Riza Asset Management.

A Riza foi fundada em outubro de 2019. O gestor do fundo Paulo Prado, possui mais de 10 anos de atuação no agronegócio como head do Itaú BBa.

Esse fundo imobiliário terá taxa consolidada de administração, gestão e escrituração de 1,25% ao ano. Além disso, haverá também a cobrança de taxa de performance sobre o que exceder o CDI + 2%.

O RZTR11 destina-se a investidores em geral, e terá prazo indeterminado. As reservas deverão ser feitas até 28/09.

Segundo parecer da Eleven Financial Research, a recomendação é de entrada na oferta. Os principais fundamentos para a indicação são os moldes do contrato junto ao produtor e a experiência da gestão no agronegócio.

BPFF11 – Brasil Plural Absoluto Fundo Imobiliário de Fundos

O BPFF11 é um fundo imobiliário de fundos, que investe prioritariamente em imóveis dos segmentos de logística e lajes corporativas. No final de agosto, 96% de seu portfólio estava alocado em 37 FIIs.

O fundo teve início em abril de 2013, e possui patrimônio atual de R$ 243,8 milhões. Atualmente está na terceira emissão de cotas, no valor de R$ 300 milhões. O encerramento do período de subscrição ocorrerá em 5 de outubro.

Para a nova emissão, o valor da cota será de R$ 80,51. Isso corresponde a um prêmio de 1,5% sobre o atual valor de mercado, e de 12% sobre o valor patrimonial da cota.

A Genial Investimentos é a administradora desse fundo imobiliário, e o seu gestor é a Plural Gestão de Recursos.

Em relação aos custos, o BPFF11 possui taxa de administração + gestão de 0,40%, um pouco abaixo da média do mercado. Além disso, há também a cobrança de taxa de performance de 20% sobre o que exceder o valor do IFIX.

MGCR11 – Mogno Certificados de Recebíveis Imobiliários High Grade

O MGCR11 é um fundo imobiliário de papel, que tem como prioridade aplicar em certificados de recebíveis Imobiliários (CRIs) e Fundos Imobiliários (FIIs). Será destinado a investidores em geral, e seu prazo é de duração é indeterminado.

Primeiramente, a oferta pública do fundo será no valor de R$ 120 milhões, com preço de R$ 100 por cota. Para isso, o investidor deverá observar a data limite que é 30 de setembro.

Por fim, o MGRC11 é administrado pelo BTG Pactual e tem a Mogno Capital como gestor.

Quer saber mais sobre Fundos Imobiliários? Então, assista a esse vídeo com dicas de nossos especialistas!