Confiança do Comércio avança 11,6 pontos em abril, depois de recuo de 18,5 em março

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Índice de Confiança do Comércio, da FGV, subiu 11,6 pontos em abril, indo de de 72,5 para 84,1 pontos.

Com isso, recupera mais da metade da queda de março (quando teve recuo de 18,5 pontos). Em médias móveis trimestrais, o indicador caiu 2,2 pontos, mantendo a tendência de queda pelo sexto mês seguido.

“Mesmo tendo sido um aumento expressivo, ele apenas compensa parte da intensa queda ocorrida em março. O nível dos indicadores sobre o momento presente ainda estão baixos e indicam que a demanda no mês continuou fraca”, avalia Rodolpho Tobler, coordenador da pesquisa.

Em abril, a confiança melhorou em todos os seis principais segmentos do Comércio e nos dois horizontes temporais.

O Índice de Situação Atual avançou 5,7 pontos, para 81,6 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE-COM) aumentou 17,1 pontos para 87,3 pontos. Em ambos os casos, as altas não compensam totalmente a queda de março (-10,6 e -25,7 pontos, respectivamente).

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

confiança do comércio

Reprodução/FGV