Investimentos

COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?

Está em dúvida sobre comprar ou alugar uma casa ou apartamento? Então veio ao lugar certo!

COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
5 de 2 voto[s]

Comprar ou alugar uma casa ou apartamento é uma das dúvidas mais comuns entre os brasileiros.

Apesar de a casa própria ser um sonho para a maioria das pessoas, nem sempre ela pode ser considerada um investimento.

A depender da situação e da condição em que você adquire a casa própria, é possível que esteja perdendo dinheiro.

Nesses casos, o aluguel talvez seja uma opção mais viável, até mesmo para permitir que você realize o sonho da casa própria bem antes do que planeja.

O objetivo desse artigo não é te convencer de que alugar é melhor do que comprar uma casa ou apartamento, mas apresentar, com fatos, alguns dos motivos pelos quais a maioria dos especialistas em finanças moram de aluguel.

Aluguel nem sempre é sinônimo de prejuízo

Nós, brasileiros, crescemos ouvindo de nossos pais o quanto é importante trabalhar para comprar a casa própria.

comprar ou alugar5 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By ivankmitt.

Ter um imóvel próprio promove uma sensação de segurança, algo percebido por muitos. Nesse sentido, o aluguel seria quase como jogar dinheiro fora.

Está certo? Depende.

O dinheiro do aluguel realmente não volta para você como muitos dizem, no entanto, pagar um aluguel mensal nem sempre será uma má opção, principalmente se você não tem o dinheiro para comprar sua casa ou apartamento à vista.

Uma alternativa para fugir do aluguel, nesse caso, seria encarar um financiamento.

Como falamos recentemente em nosso artigo “Casa própria NÃO é investimento”, quando você compra um apartamento financiado, na realidade, está pagando um aluguel ao banco.

Como assim?

Simples! Quando você compra um imóvel financiado, o banco paga a construtora pelo imóvel que você adquiriu.

Por causa disso, você paga um “aluguel” mensal para o banco por conta do dinheiro que foi usado para essa compra, o que é mais conhecido pelo nome de “prestação”.

Assim, da mesma forma que você poderia sofrer uma ação de despejo caso deixasse de pagar o aluguel a seu senhorio, se deixar de pagar as prestações, o banco pode tomar o imóvel de volta.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


Isso acontece, pois, em um financiamento, a garantia que você irá pagar as prestações é o próprio imóvel.

Ou seja, quem financia está, na realidade, alugando o dinheiro que o banco utilizou para pagar o imóvel adquirido.

comprar ou alugar1 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By sarawutnirothon.

Então, qual é a diferença entre pagar um aluguel e “alugar” o dinheiro do banco?

A resposta também é simples: quando você “aluga” o dinheiro do banco, sobre essa operação incidem juros… muitos juros…

Assim, o valor da prestação de um imóvel financiado pode chegar ao dobro do valor do aluguel desse mesmo imóvel, em alguns casos.

Por isso, é importante que você analise diversos aspectos antes de comprar ou alugar uma casa ou apartamento, principalmente o que chamamos de “custo de oportunidade”.

O custo de oportunidade

Alguma vez na vida você já ouviu falar de custo de oportunidade?

Ele representa aquilo que você deixa de ganhar quando renuncia alguma oportunidade.

Por exemplo, quando você tem dois pães em sua frente, um de doce e um de sal, e opta por comer o pão de sal, o custo de oportunidade é de não ter comido o pãozinho doce, que poderia ser mais delicioso.

Entre comprar e alugar, o custo de oportunidade está justamente naquilo que você pode deixar de ganhar se optasse por investir o dinheiro desse imóvel por algum tempo.

Para te ajudar a compreender melhor esse assunto, recomendo que você assista ao vídeo a seguir e que faz parte do nosso curso Jornada do Investidor:

Vamos a um exemplo prático para que você possa entender melhor o custo de oportunidade entre comprar e alugar.

Imagine que você tem em mãos 300 mil reais para comprar sua casa própria e que encontrou um imóvel exatamente desse valor.

Em regra, o preço do aluguel de um imóvel residencial gira em torno de 0,5% do seu preço. Logo, por um imóvel desse valor, você pagaria algo próximo a R$ 1.500,00 de aluguel mensal.

Agora, imagine que você optou por não comprar esse imóvel e utilizou esse dinheiro para montar uma carteira de investimentos que rende algo próximo a 0,8% ao mês.

Nesse caso, você poderia receber mensalmente quase R$ 2.400,00 com os seus investimentos.

Ou seja, com o dinheiro que você compraria essa casa, seria possível pagar o aluguel e ainda sobrariam R$ 900,00 que você poderia reinvestir para ter um retorno maior ainda.

O custo de oportunidade dessa transação está justamente nos R$ 900,00 que você deixaria de ganhar se optasse por comprar a casa no lugar de investir o dinheiro.

É claro que esse cálculo é meramente ilustrativo, pois existem diversos outros fatores que precisam ser considerados.

Por isso, vale a pena entrar em contato com um assessor de investimentos aqui da EuQueroInvestir para verificar se, no seu caso, vale mais apena investir esse dinheiro e viver de aluguel com o rendimento de suas aplicações.

Já se você prefere comprar o imóvel para satisfazer um desejo pessoal, então é preciso analisar um ponto importante, que trataremos no tópico a seguir.

Juntar para comprar à vista ou financiar: o que é melhor?

Na hora de comprar um imóvel, uma dúvida bastante comum é se vale mais a pena pagar à vista ou financiar.

É claro que pagar as coisas à vista é muito melhor do ponto de vista econômico, pois os juros que você paga ao fazer um financiamento podem ser bastante altos.

No entanto, poucas são as pessoas que conseguem juntar o dinheiro para pagar à vista o imóvel que desejam, logo, o financiamento acaba sendo a opção da grande maioria.

comprar ou alugar4 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rawpixel.

Juntar dinheiro e comprar à vista é uma opção bem mais interessante, principalmente se você fizer os investimentos certos.

Se você lê com frequência os nossos conteúdos, já sabe que a poupança é uma péssima opção para quem quer juntar dinheiro. Se ainda não sabe, aproveite para ler o nosso artigo sobre o assunto.

Por outro lado, quando você financia uma casa ou apartamento, poderá usufruir dela de imediato, mesmo sem ter no bolso todo dinheiro necessário para essa compra.

Lembra da questão do custo de oportunidade? Ele também se aplica aqui.

Um financiamento imobiliário dura, em média, 30 anos aqui no Brasil. Se você fizer os investimentos certos e tiver disciplina, poderá comprar o mesmo imóvel à vista em metade ou, até mesmo, um terço desse tempo.

Assim, quem opta em financiar, pode acabar perdendo a oportunidade de comprar esse imóvel à vista em menos tempo.

Vamos a um exemplo prático para entender como isso funciona:

Lembra daquele imóvel de R$ 300 mil que foi citado anteriormente? Imagine que você deseja comprá-lo e está na dúvida entre juntar o dinheiro ou financiar. Contudo, você precisa de um lugar para morar enquanto junta o dinheiro, não é mesmo?

Por isso, imagine que você irá alugar esse mesmo imóvel enquanto poupa para comprá-lo à vista, ou seja, irá pagar cerca de R$ 1.500,00 por mês.

Utilizando o site da Caixa Econômica Federal para simular esse financiamento, chegamos ao seguinte resultado:

Para fazer esse financiamento, primeiramente você já deve ter juntado pelo menos os R$ 60 mil da entrada. Já o restante (R$ 240 mil) pode ser financiado em até 420 meses.

Para essa simulação, utilizamos como exemplo um imóvel novo localizado em Balneário Camboriú/SC e uma pessoa que não tem vínculo com o FGTS.

O resultado da simulação mostrou que esse financiamento teria uma parcela inicial de, aproximadamente R$ 2.500,00

Como alguns financiamentos contam com um sistema de amortização, a parcela final desse contrato ficaria em algo próximo a R$ 600,00.

No entanto, somente após pagar quase 15 anos do financiamento é que a sua parcela cairia para algo próximo aos R$ 1.500,00 que estimamos para o aluguel.

Nesse simples exemplo é possível perceber que você está pagando cerca de R$ 1.000,00 por mês apenas para poder chamar a casa de “sua”.

Se esses R$ 1.000,00 mensais fossem investidos em aplicações de renda fixa, em que o risco é mínimo, seria possível ter o dinheiro para comprar esse imóvel à vista na metade do tempo de um financiamento.

comprar ou alugar2 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By sarawutnirothon.

Para saber onde investir mil reais por mês, recomendamos a leitura do nosso artigo que trata especificamente desse ponto.

Você ainda pode acelerar esse processo utilizando uma tática recomendada por uma série de especialistas: viva um degrau abaixo daquilo que você pode viver.

Será que você realmente precisa morar em um imóvel cujo aluguel é de R$ 1.500,00 por mês neste momento?

Se você escolher morar em um lugar mais simples, o valor do aluguel também será menor. Isso significa que sobrará mais dinheiro em seu bolso para poder investir e juntar o dinheiro para comprar a sua casa própria ainda mais cedo.

Pense nisso.

Casa própria é investimento?

Recentemente publicamos aqui um artigo com diversos motivos que mostram que casa própria NÃO é investimento.

É claro que não podemos deixar de considerar que os imóveis se valorizam ao longo do tempo, contudo, nem sempre essa valorização fará uma grande diferença na sua vida.

Se você comprar um imóvel de R$ 300 mil hoje e vendê-lo daqui a 30 anos, o valor desse imóvel certamente será bem maior do que o da compra.

No entanto, quando um imóvel está à venda, nem sempre é possível conseguir alguém disposto a pagar o que efetivamente ele vale.

comprar ou alugar6 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By ivankmit.

Assim, ao vender um imóvel a um valor abaixo do que o de mercado, você acabará perdendo bastante dinheiro. Mas se optar por cobrar o valor justo por ele, talvez não consiga vendê-lo.

Além disso, enquanto a casa for sua e estiver à venda, você precisará arcar com os custos de manutenção, tais como o IPTU, condomínio (em alguns casos) e as taxas mínimas dos serviços de água e luz.

Isso significa mais dinheiro saindo do seu bolso.

Já quando você faz um investimento é diferente, pois enquanto aquele dinheiro estiver aplicado, ele estará rendendo e gerando mais dinheiro para você.

Consegue perceber a diferença entre o que é e o que não é um investimento?

Onde investir o dinheiro para comprar uma casa

Se você chegou até aqui e se interessou em saber um pouco mais sobre os investimentos, recomendamos que você leia alguns artigos elaborados pela equipe da EuQueroInvestir:

No primeiro artigo, você aprenderá com Juliano Custódio, quais são os melhores investimentos para o ano de 2019 em todas as modalidades (renda fixa e renda variável).

O segundo artigo trata especialmente do Tesouro Direto, uma maneira eficiente de investir a longo prazo e conseguir ganhos acima da inflação.

Já no terceiro artigo, os assessores de investimentos da EuQueroInvestir apresentam a sua opinião sobre as melhores opções de investimentos para 2019.

Recomendo que você separe um tempinho e se dedique à leitura desse conteúdo, pois serão úteis para te mostrar a melhor opção de investimento de acordo com o seu perfil de investidor.

Considerações finais

Comprar ou alugar uma casa ou apartamento: eis a questão!

comprar ou alugar3 - COMPRAR ou ALUGAR uma casa ou apartamento?
Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By aetb.

Espero que este artigo tenha te ajudado a perceber que existe um mundo para além do sonho da casa própria e que ele pode ser bem mais vantajoso.

Ter um imóvel para chamar de seu e para fazer todas as reformas que você deseja pode significar um prejuízo, mas se esse é o seu sonho, então não há dinheiro no mundo que pague a sua realização pessoal.

Hoje em dia, cada vez mais pessoas percebem que morar de aluguel e investir o dinheiro da compra do imóvel pode ser uma opção mais sustentável.

Mesmo que morar em uma casa alugada tenha algumas limitações, o aluguel te dá uma coisa que você talvez não consiga se comprar uma casa: a liberdade.

Quem mora de aluguel pode se mudar a qualquer momento se surgir essa necessidade. Imagine comprar uma casa própria e descobrir que os seus vizinhos são umas verdadeiras “bênçãos” (para não dizer outra coisa) 😀

Além disso, caso você consiga um novo emprego ou uma promoção no trabalho e precise se mudar de cidade, basta achar um imóvel novo e se mudar.

Outro ponto positivo é que você pode diminuir os seus custos ao morar de aluguel, pois, caso você consiga um imóvel perto do seu trabalho, poderá ir caminhando ou de bicicleta para a sua empresa, o que é muito mais saudável.

Pare, reflita e tome a melhor decisão. A equipe de assessores de investimentos da EuQueroInvestir está pronta para te ajudar a seguir pelo melhor caminho.

Bons investimentos!

Késia Rodrigues - Colaboradora Independente

Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por literatura, viagens, tecnologia e finanças.

Artigos Relacionados

Close