Compass: brasileiro pode ampliar horizonte de investimento no exterior

Osni Alves
Jornalista | osni.alves@euqueroinvestir.com
1

Crédito: Compass: brasileiro pode ampliar horizonte de investimento no exterior

Country Head da Compass Group Brasil, o executivo George Kerr disse que o brasileiro precisa conhecer as opções acionárias do mercado internacional.

Isso porque, segundo ele, existem mais de 50 mil ações listadas em bolsas do mundo.

A afirmação do executivo é um contraponto à Bolsa brasileira. “O Ibovespa tem apenas 100 ações de grandes empresas a oferecer”, ressaltou.

 

Dúvida sobre investir? Conheça nossa  planilha de ações 

A Compass representa diversos gestores de recursos internacionais, dentre os quais se destaca a Wellignton, que administra aproximadamente um trilhão de dólares.

Um de seus principais produtos é o Fundo Wellington Ventura, agora disponível na plataforma da XP Investimentos.

Para ele, o Brasil está, finalmente, acompanhando os mercados internacionais ao ter suas taxas de juros reduzidas a patamares baixos. Desde 6 de maio a Selic está em 3% ao ano.

“Agora, o investidor brasileiro pode decidir melhor se pretende obter retorno de seus ativos em torno de 9% em dólar, ou 2% em reais”, ressaltou.

Kerr conversou com Luis Fernando Moran e Elias Wiggers, sócios da EQI Investimentos, na tarde de quarta-feira (13).

Wellington Ventura

De acordo com Kerr, a falta de empresas de tecnologia na Bovespa faz da Bolsa brasileira um índice de “empresas do passado”, e torna o mercado internacional ainda mais atrativo.

Como o Fundo de Investimento DI Pode Ser Mais Interessante que a Poupança?

A Wellington

A Wellington é uma asset manager idependente, e tem 177 sócios que são profissionais com 18 anos de mercado, em média.

“O modelo de investimento é diferenciado, como o de uma boutique de investimentos e cada setor tem autonomia para expressar suas visões”, explicou.

Todo dia, às 8h, cerca de 500 profissionais se reúnem para tratar da pauta do dia. São analistas e estrategistas que trocam experiência e se atualizam para movimentar o mercado.

Conforme Kerr, eles se baseiam pela qualidade do ativo, crescimento, valuation e retorno de capital. A Compass tem mais de cinco mil empresas no portfólio.