Companhias farmacêuticas correm para produzir medicamentos para combater o coronavírus

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Mesmo com os sinais positivos contra a epidemia do vírus, empresas farmacêuticas correm para fabricar medicamentos.

A Comissão Nacional de Saúde da China informou na quarta-feira que a quantidade de novos casos confirmados do coronavírus apresentou um recuo de 48,2% entre 4 de fevereiro e terça-feira. O porta-voz da NHC, Mi Feng, afirmou durante coletiva de imprensa que apesar da grave situação da epidemia, as medidas adotadas pelas autoridades, apresentaram alguns sinais positivos. Com informações do Global Times.

A taxa de cura passou de 1,3% em 27 de janeiro para 10,6% na terça-feira, disse o NHC na quarta-feira. Pelo menos 740 pessoas receberam alta do hospital na terça-feira.

Mas, o vírus já provocou 44.653 infecções confirmadas e 16.067 casos suspeitos, mais 1.100 pessoas morreram devido ao surto, superando a epidemia de SARS de 2002 a 2003.

Em Genebra na terça e quarta-feira, mais de 400 cientistas de todo o mundo se reuniram para coordenar a resposta a esta doença. Para o diretor da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus considera uma nova doença que o público pode estar vendo apenas “a ponta do iceberg”.

Segundo o principal consultor médico do governo chinês, Zhong Nanshan, o momento decisivo do surto ainda é difícil de prever. Mas, em entrevista à  Reuters na terça-feira, Nanshan afirmou esperar que “esse surto ou esse evento possa acabar em abril”.

O clima mais quente reduzirá a capacidade do vírus se espalhar e tirar as pessoas de espaços fechados, onde é transmitido com mais facilidade, disse Ian Lipkin, diretor do Centro de Infecção e Imunidade da Universidade Columbia, em uma entrevista coletiva online no domingo, informou a AP.

A temperatura mais alta diminuirá a propagação do vírus e evitará que as pessoas fiquem em locais fechados, onde a transmissão acontece mais facilmente, disse Ian Lipkin, diretor do Centro de Infecção e Imunidade da Universidade Columbia, em uma entrevista coletiva online no domingo, informou a AP.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

No entanto, se aparecerem novos casos à medida que as pessoas voltarem ao trabalho depois do feriado,  “saberemos que estamos com problemas”.

De acordo com Zeng Guang, por mais que tenha surgido um ponto de inflexão mostrando um declínio da epidemia, também pode acontecer um ponto de inflexão de infecções ascendente.

As infecções podem aumentar, visto que 160 milhões de chineses voltaram às cidades para trabalhar nos próximos dias, com uma pressão crescente em áreas como o Delta do Rio das Pérolas, o Delta do Rio Yangtze e a região de Pequim-Tianjin-Hebei, que apresentará desafios ao trabalho de prevenção e controle, disse o especialista.

Produção de medicamentos

Os Institutos Shenzhen de Tecnologia Avançada da Academia Chinesa de Ciências disse na quarta-feira, que tinha finalizado a primeira fase de uma vacina de backup para combater o coronavírus.

A OMS afirmou que o desenvolvimento de vacinas e terapêuticas é uma parte fundamental da cronograma de pesquisa e as nações devem se juntar para combater este vírus, que pode ter implicações adicionais na economia mundial.

Lipkin disse que “a maior parte do foco agora está no desenvolvimento de testes de diagnóstico que podem ser usados ​​para determinar quem deve ser isolado, por quanto tempo ele deve ser isolado. e decisões sobre medicamentos e anticorpos que podem ser usados ​​até agora para reduzir a morbimortalidade”.

“Nos últimos dias, Hubei acelerou o processamento das amostras, fornecendo números mais precisos de casos suspeitos e confirmados. A autoridade local enviou 180.000 kits de teste de ácido nucleico para o diagnóstico de infecção por coronavírus, distribuindo mais de 90.000 kits aos laboratórios relevantes. Até agora, Wuhan possui 40 laboratórios que podem realizar de 8.000 a 10.000 testes diários”.

Ghebreyesus informou nesta terça-feira, que a primeira vacina pode ficar pronta em 18 meses.

A criação de vacinas e terapêuticas são importantes na agenda de pesquisa, mas é somente uma parte. levará tempo para serem desenvolvidas, mas existem muitas intervenções básicas de saúde pública que estão disponíveis que podem evitar infecções.

No entanto, há uma escassez de medicamentos antivirais no mercado, noticiou o Global Times. Para resolver esse problema, as empresas farmacêuticas na China tentam atender à demanda.

Por fim, um tipo de sopa de ervas medicinais provou ser eficaz para 90% dos pacientes no estágio inicial da doença, segundo observações clínicas, afirmou a Administração Nacional de Medicina Tradicional Chinesa.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374