Como utilizar o comparador de fundos de investimentos

Aprenda mais sobre essa poderosa ferramenta oferecida em nosso portal

Gabriel Brolezzi
null
Comparador de fundos

Crédito: rawpixel.com / Freepik

A comparação de fundos de investimento é fundamental para a tomada de decisão ideal do investidor.  Porém existem muitos gestores e estratégias diferentes disponíveis no mercado. Por isso, saliento a importância do uso correto de uma boa ferramenta para essa análise.

No nosso portal, disponibilizamos o acesso ao comparador de fundos. Em resumo, uma ferramenta que dá a possibilidade de comparar o histórico dos diversos fundos no mercado. Nela você pode analisar desde aquele fundo oferecido pelo gerente do banco, até as opções de gestoras independentes e especializadas.

Vamos entender juntos todas as funcionalidades dessa plataforma!

A importância dos indicadores

Você gosta muito de cozinha italiana, então quando vai na feira sempre busca por tomates para o seu molho. Ao ver o preço do tomate você, como consumidor, sabe dizer se ele está barato ou caro, mesmo que entenda que ele varie devido a diversos fatores ligados à sua produção.

Com os seus investimentos é a mesma lógica, só que ao invés de um indicador “preço do tomate”, temos os indicadores financeiros te ajudando a entender se o investimento que você faz é o mais rentável dentro do seu perfil e objetivo.

No comparador, são disponibilizados os indicadores IPCA, Ibovespa e Taxa CDI. Além disso, há a opção de incluir o rendimento da poupança como base para comparativo de investimentos de baixo risco. Na parte superior do gráfico, você tem a opção de selecionar os indicadores.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Para entender cada um deles:

IPCA: Índice de Preços ao Consumidor Amplo. O principal referencial da inflação no Brasil, medido com base nos gastos básicos de uma família brasileira, desde moradia e saúde até vestuário. A partir da diferença desse indicador se sabe o ganho real de um investimento. Por exemplo, se o IPCA dos últimos 12 meses for de 4% e o fundo analisado tiver um rendimento de 7% nesse período, o ganho real sobre a inflação foi de 3%.

Ibovespa: é o principal indicador da Bolsa de Valores no país, medido com base nas ações mais negociadas no mercado. Portanto, entra na comparação como um termômetro para o investimento em ações e fundos de ações.

Taxa CDI: CDI é a sigla para Certificado de Depósito Bancário, que são os empréstimos que bancos fazem entre si para o fechamento do caixa no dia. Para o investidor, essa taxa é importante pois é para ela que o banco olha para  regular a remuneração dos títulos de renda fixa. Em 2018, a taxa CDI foi de 6,4%, se você tem um investimento que rendeu 100% do CDI, sua remuneração foi de 6.4%.

Realizando a comparação

Nesse exemplo, vamos realizar a comparação entre dois fundos de renda fixa, o Porto Seguro Referenciado DI Crédito Privado e o fundo Itaú Personnalité Special Referenciado DI. Ambos são classificados como Fundos DI, fundos de um perfil bem seguro.

Para iniciar a comparação, basta incluir o nome dos fundos no campo de busca, localizar o fundo e clicar em cima dele. Ao inserir os dois fundos e escolher como indicador o CDI já vamos ter a visão do gráfico. Vamos definir o período de análise como 3 anos.  Pode se também definir um tempo personalizado, com datas específicas ou usar a opção “ótimo”, que é o maior período possível em que os dois fundos estiveram simultaneamente no mercado.

No primeiro quadrante, temos a visão do gráfico dos fundos e do indicador selecionado para comparação. Passando o mouse por cima do gráfico pode se ver o retorno ao longo do tempo.

Comparador de fundos

Comparador de fundos/ EQI

Descendo um pouco a página, podemos ver as informações gerais de cada fundo, como classe, patrimônio, número de cotistas e outras características de interesse.

Comparador de fundos

Comparador de fundos/ EQI

Para essa comparação, vamos resumir esse quadro, apertando na flecha localizada na direita. Agora, abaixo do nome de cada fundo temos as seguintes informações.

Comparador de fundos

Comparador de fundos/ EQI

Podemos então comparar com clareza os principais números:

Rentabilidade absoluta

o quanto o fundo rendeu no período, de maneira bruta. Se a rentabilidade apresentada é de 28% e você investiu 100 mil reais há 3 anos, hoje você tem 128 mil reais.

Rentabilidade relativa

O rendimento do fundo em relação a algum indicador. No comparador, esse indicador é definido como o CDI, base de comparação para investimentos de baixo risco.

Risco

É a medida de volatilidade, mede a intensidade e a frequência de oscilações do fundo. Certamente, fundos de maior volatilidade tem uma previsibilidade menor quanto ao resultado. Ou seja, para a maioria dos casos, quanto maior essa porcentagem maior o risco.

Sharpe

Esse percentual permite avaliar a relação entre risco e retorno de um investimento. No cálculo dele, é analisado o que seria um retorno livre de risco em comparação com o retorno do fundo. O Índice Sharpe avalia se o risco do fundo compensa o retorno. Ou seja, quanto maior o índice, melhor. Caso ele seja negativo, o fundo está rendendo menos que o indicador.

Abaixo desse resumo de cada fundo, temos o gráfico de volatilidade, a medida do risco ao longo do tempo que foi enunciada acima.

Comparador de fundos

Comparador de fundos/ EQI

No parte inferior da página, há um resumo da rentabilidade, detalhada em uma linha para cada fator. Nas primeiras linhas estarão os fundos escolhidos, após isso, uma carteira simulada com o mesmo percentual de cada fundo e então cada um dos indicadores.

Comparador de fundos

Comparador de fundos/ EQI

Considerações finais

Com o uso dessa poderosa ferramenta, suas decisões de investimento com certeza serão mais certeiras. Mas não se esqueça de prestar atenção nos seguintes fatores:

Compare fundos da mesma classe

Não há como comparar um fundo de renda fixa com um multimercado de estratégia macro, isso seria como comparar maçãs com bananas, ambas são frutas, porém bem diferentes. Para a sua comparação dar o direcionamento que espera, tem de ser entre estratégias semelhantes.

Respeite o seu perfil de investidor e o objetivo

Seu perfil de investidor é crucial para determinar que tipo de fundo você irá incluir na carteira. Assim como o seu objetivo de investimento, um investidor que quer resgatar o dinheiro em um ano não pode correr risco como alguém que investe para mais de 5 anos.

Entenda a estratégia do fundo

Entenda o que está gerando aquela rentabilidade, leia a lâmina do fundo e o prospecto. É tentador ver o retorno de alguns fundos do mercado, mas tente entender o que gerou esse rendimento e se você acredita que esse resultado irá se repetir.

Prestando atenção nesses pontos o sucesso dos seus investimentos será questão de tempo!

Esta é a função de um Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior do que o gerente do seu banco ou corretoras digitais e monitorar o mercado em busca de oportunidades que se enquadram em sua realidade, são atribuições do Assessor de Investimentos.

O papel dele é unir seus objetivos pessoas e profissionais, momento financeiro, perfil de investidor e avaliar o mercado para te apoiar com os investimentos que estiverem alinhados com seu momento.

Disponibilizo abaixo, a oportunidade de você realizar um diagnóstico e tirar todas as suas dúvidas sobre investimentos, conversando com um especialista no assunto.

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.