Como montar seu Fundo de Emergência

Filipe Teixeira
Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585 Instagram: filipe_st

O Brasil tem um dos maiores spreads bancários (a diferença entre a taxa paga pelo banco para tomar empréstimo e a taxa cobrada por ele para financiar o crédito aos consumidores) do mundo logo, em momentos de urgência recorrer aos empréstimos bancários é sempre um péssimo negócio.

Este artigo mostrará exemplos de investimentos indicados para a montagem de um fundo de emergência ou seja, com a possibilidade de um resgate imediato!

Quem deve montar um Fundo de Emergência?

Todos! Logicamente o percentual alocado em sua carteira para investimentos com liquidez imediata oscilará por uma série de fatores. Imagine um trabalhador que receba uma remuneração variável (por comissão por exemplo) e agora imagine um aposentado.

Concorda que seus objetivos e necessidades são completamente diferentes, certo? O que é comum em ambos os casos é a busca por uma maior tranquilidade financeira.

Rentabilidade

Obviamente, a necessidade de liquidez impacta diretamente na rentabilidade, portanto, um investimento que objetiva a montagem de um fundo de emergência, dificilmente rentabilizará muito acima do CDI.

Atenção: mesmo neste caso, a caderneta de poupança não é indicada! Ao longo do artigo mostrarei investimentos tão seguros quanto a poupança, mas com rendimentos bem superiores.
Vamos a eles:

TESOURO SELIC (LFT)

tesouro selic

O tesouro SELIC é um título público oferecido pelo tesouro nacional, atrelado à taxa básica de juros (SELIC).
Se você não sabe o que é um título público ou tem dúvidas sobre como funciona a nossa taxa básica de juros, confira nossos artigos relacionados:

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

– Investir no Tesouro Direto: o Guia Completo!
– Taxa Selic, o que é? Selic: Atual, Mensal e Acumulada!

Liquidez

A liquidez do tesouro Selic é de D+1 ou seja, o Banco Central se compromete a comprar qualquer título em um dia útil.

Rentabilidade

rentabilidade

Além da facilidade do resgate, o Tesouro Selic oferece também a certeza de rendimento positivo, já que paga sempre o percentual da taxa SELIC (independentemente do cenário da economia).

Segurança

Quem garante a segurança deste investimento é o próprio governo e aqui, não confunda questões políticas e escândalos de corrupção com as garantias financeiras dos títulos públicos.

Imaginando o pior cenário possível, o de um calote do tesouro nacional, significaria um completo colapso do sistema financeiro, incluindo todos os produtos lastreados em bancos (CDBs, LCIs, etc.).

CDB de Liquidez Diária

CDB – Certificado de Depósito Bancário são títulos emitidos por instituições financeiras para custar sua atividade de crédito. Comumente conhecido como um empréstimo às avessas, onde é você quem “empresta” dinheiro ao banco.

Saiba tudo sobre CDB em:

– CDB – Invista com a Segurança da Poupança, alcançando Maiores Rendimentos!

Liquidez

Como o próprio nome sugere, estes CDBs têm resgate diário (diferentemente do Tesouro SELIC que é D+1), ou seja, após solicitado o dinheiro cai na conta no mesmo dia.

Rentabilidade

Nas corretoras, existem muitas ofertas de CDBs com liquidez diária pagando uma rentabilidade próxima aos 100% do CDI. Nos bancos, esta rentabilidade cai sensivelmente.

Segurança

CDBs são produtos cobertos pelo FGC – Fundo Garantidor de Crédito (desde que respeitada a regra de R$250 mil por CPF e instituição financeira).

Fundos de Renda Fixa ou Fundos de Crédito Privado

fundo de renda fixa

Estes fundos são alternativas à montagem do seu fundo de emergência, principalmente para perfis com um apetite um pouco maior ao risco (já que sua rentabilidade varia conforme a assertividade da cesta de ativos que compõe o fundo.

Logicamente, são produtos que bem geridos, costumam ultrapassar a linha do CDI.

Muitos deles possuem resgate em D+1.

Dado a enorme gama de opções (são mais de 300 somente na plataforma da XP), deixarei o link para nosso artigo completo sobre Fundos de Crédito Privado AQUI.

Para uma ajuda mais específica, agende uma conversa conosco.

Comparativo

Atualmente, um produto (seja ele CDB ou Fundo) que pague 100% do CDI (ou mais, obviamente) supera o Tesouro Selic que descontando a taxa de 0,3% cobrada pelo governo, paga aproximadamente 97% do CDI.

Espero que o artigo tenha lhe ajudado a entender a importância de ter um fundo de emergência.

Mesmo que você já tenha experiência ou já invista através de corretoras, ter um percentual de sua carteira nestes produtos garantem um colchão de liquidez muito interessante, que pode lhe “salvar” em momentos cruciais.

[banner id=”teste-perfil”]