CriptomoedasInvestimentos

Como Comprar Bitcoin?

Aprenda como comprar bitcoins e outros ativos digitais que você procura.

163212 como comprar bitcoin aprenda aqui 1024x682 - Como Comprar Bitcoin?
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Depois de algumas conversas e estudos, você se convenceu de que comprar bitcoins ou alguma outra criptomoeda faz sentido. Mas, e agora decidido, quais são os próximos passos? Como comprar bitcoins e outros ativos digitais?

Basicamente isso pode ser feito de duas maneiras: a primeira, no que chamamos peer-to-peer; e a segunda, foco do assunto deste artigo, através de uma exchange.

Compra e venda Peer-to-Peer

Imagine eu e você reunidos presencialmente, você olha para meu óculos de sol e fala que gostaria de comprá-lo de mim. Oferece R$ 500 por ele, eu achando um bom preço de venda, decido aceitar sua proposta. Você saca cinco notas de R$100 da sua carteira e as passam para mim; eu, em troca, lhe dou meu óculos de sol. Pronto, acabamos de efetuar uma compra/venda peer-to-peer.

Agora vamos trazer esse exemplo para uma realidade um pouco mais comum. Primeiro que geralmente não andamos com quantias muito altas em nossa carteira, e, segundo que muitas vezes a relação entre os pares nãé presencial, mas sim a distância.

Nesse caso, existem compensações a serem feitas. A pessoa que está comprando faz um depósito na conta bancária de quem está vendendo, que por sua vez, após verificar que o dinheiro está de fato em sua conta bancária, envia o produto por correio.

Imagine agora, que o produto do exemplo acima seja uma bitcoin. Temos duas compensações: a primeira do comprador transferindo o dinheiro para a conta bancária do vendedor, e a segunda do vendedor transferindo a bitcoin para awallet do comprador.

Seria uma excelente relação comercial, porém, temos que lembrar que nesse caso não existe uma terceira parte que garanta a compensação de ambas as transações simultaneamente, ou seja, em algum momento uma das partes terá que confiar na outra. Afinal, o vendedor após receber o dinheiro do comprador poderia não querer entregar a bitcoin e “dar um golpe”.

pplware Bitcoin 1024x686 - Como Comprar Bitcoin?
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

É por esse motivo que esse tipo de compra de criptomoeda deve ser realizado com pares de sua confiança e/ou reputação inquestionável. Caso você não tenha ninguém que se enquadre nessas características, sugiro o segundo caminho. Compre suas bitcoins e outros ativos digitais através de uma exchange.

Exchanges

Exchanges são corretoras de criptomoedas, onde você compra bitcoins e outros ativos digitais. Ela possui algumas peculiaridades.

Primeiro que somente são negociados ativos digitais, os ativos tradicionais, como renda fixa, ações e fundos, continuam sendo de exclusividade das corretoras de valores, que são regulamentas pela CVM e Banco Central, além de serem exigidas garantias financeiras enormes para funcionarem. Dessa forma, tanto no Brasil quanto no mundo é bem mais fácil abrir uma exchange do que uma corretora de valores.

Segundo, cada exchange negocia com a sua cotação, e nesse caso a exchange parece mais com uma bolsa de valores do que com uma corretora de valores. Uma bitcoin que é igual a qualquer outra bitcoin no mundo, pode ser encontrada negociando a cotações diferentes, dependendo do lugar (exchange). Fato esse que não é observado nas corretoras de valores que possuem seus ativos negociados a um preço igual para todas as corretoras e centralizado na bolsa de valores.

Se você tiver um certo conhecimento de mercado financeiro, pode estar se perguntando se seria possível arbitrarmos os preços dos ativos digitais negociados nessas exchanges. A resposta é sim, podemos arbitrar preços entre exchanges brasileiras e, também, entre exchanges internacionais. Inclusive já existem fintechs com esse único intuito.

Ao arbitrarmos esses ativos digitais (compra-se o ativo onde ele estiver mais barato e vende-se o mesmo ativo e a mesma quantidade onde ele estiver mais caro) estamos deixando o mercado mais “justo” como um todo, com menos spreads entre compradores e vendedores e ainda com grandes chances de embolsarmos algum lucro com esse tipo de operação.

Em qual Exchange investir?

Bom, as duas primeiras coisas que você deve analisar ao pesquisar por qual exchange comprar seus ativos digitais são:

*Se a exchange negocia o ativo digital ou criptomoeda que você procura, lembrem que eu falei que cada lugar possui sua cotação própria?

Pois bem, além da cotação própria, cada exchange negocia as criptomoedas que ela bem entender, assim, muitos ativos digitais não estarão disponíveis em todo lugar. Via de regra, bitcoin é a única criptomoeda que é negociada em todas as exchanges do mundo, qualquer outra deve ser verificada antes.

*A segunda, e não menos importante, é se a exchange aceita fiat money (termo usado para o dinheiro comum, como dólar, real, euro) como forma de depósito, ou, somente criptomoedas. Assim, se você está fazendo sua primeira compra, muito provavelmente você não tenha nenhuma criptomoeda, logo deverá procurar uma exchange que aceite depósitos em dinheiro comum.

Uma vez sua conta com saldo e devidamente verificada (falaremos disso a seguir), você estará apto a converter seu fiat money em bitcoin ou outra criptomoeda que você deseja e esteja disponível nessa exchange em questão.

Caso você já tenha alguma criptomoeda, saiba que algumas exchanges só aceitam depósitos exclusivos em criptomoedas.

Antes de seguir com o artigo…

Uma pausa para você fazer o teste de perfil. É rápido, fácil e de graça!

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

convertendo dinheiro bitcoin real 1024x576 - Como Comprar Bitcoin?
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Outros fatores avaliados na escolha de uma exchange

Após esse primeiro filtro, você pode analisar outros fatores que eu julgo importantes na hora de escolher sua exchange. Ainda que alguns fatores sejam subjetivos, seguem a lista dos mais triviais para vocês analisarem:

  • Segurançamuito provavelmente não saberemos que procedimentos de segurança aquela exchange utiliza. Por isso, logo após a efetivação da compra de sua criptomoeda, o aconselhado é você já as transferir para sua hardwallet (falaremos sobre custódia e armazenamento de criptomoedas no próximo artigo). Deixe na exchange somente o saldo que pretenda utilizar nos seus trades de curto prazo. Como não saberemos os exatos procedimentos de segurança e/ou não tenhamos conhecimentos técnicos suficientes para avaliar, o melhor a se observar como respaldo de segurança é o próximo item.
  • Histórico e reputação: procure por exchanges com histórico isento e que de preferência não tenham tido problemas com ataques hacker. O tamanho e o volume negociado reforçam uma boa reputação. E em caso de problemas de qualquer natureza, procure saber como a exchange resolveu o caso e ressarciu possíveis clientes lesados.
  • Custos: não adianta, os custos envolvidos sempre são um gatilho na hora de comprar um produto ou serviço. Leve em consideração o custo, pois ele é importante. Porém, não deixe ele ser o fator determinante da sua escolha. “O barato, sai caro” funciona para as criptomoedas também.
  • Experiência do usuário: esse item é importantíssimo e cada vez mais valorizado. Os usuários devem achar a plataforma amigável. De nada adianta um alto nível de sofisticação e serviços ofertados, se os mesmos não forem de fácil manuseio. A Exchange pode ser clean e ainda assim oferecer muitas funcionalidades.
  • Alavancagem e plataforma de trading: para a ala mais agressiva desse mercado que já é bem agressivo, um fator que pode ser decisivo para a escolha da Exchangeé justamente a sofisticação da sua plataforma de trading. Gráficos, ferramentas gráficas, alavancagem permitida e controles de risco são alguns exemplos.
  • Diversidade de Criptomoedas Ofertadas:algumas vezes esse item pode vir junto com o item acima, afinal, os investidores podem procurar criptomoedas de menor capitalização, logo, mais voláteis para auferir ganhos mais rápidos. O risco, logicamente, é proporcional. Muitas vezes esse item acaba sendo imperativo, não deixando escolhas. Lembram o que eu falei de cada Exchange negociar os criptoativos que bem entender. Pois bem, se sua criptomoeda somente negociar em poucas exchanges, você será obrigado a escolher uma dessas poucas opções ou não conseguirá comprar o que procura.
  • Outros serviços agregados: com a atual concorrência sem fronteira das exchanges, muitas optaram por serviços agregados para se diferenciarem. Hoje podemos encontrar cartões pré-pagos financiados com criptomoedas; pagamento de boletos bancários e até o serviço de autosell que é uma venda automática assim que uma determinada walletrecebe fundos. O autosell é ideal para empresas e estabelecimentos que desejam aceitar a bitcoin como forma de pagamento, mas não gostaria de ficar muito exposto a volatilidade da mesma que ainda é bem alta. Assim, no momento que a walletdo estabelecimento recebe qualquer pagamento em bitcoin, a mesma já é convertida em dinheiro fiatem poucos segundos.

Efetivação da compra

Pronto, já havíamos sido convencidos sobre comprar uma bitcoin ou outro ativo digital. Agora, após avaliarmos diferente fatores de cada exchange, escolhemos aquela que mais nos agradou. Pois bem, falarei agora o caminho que geralmente teremos que fazer para efetivarmos nossa compra dentro da exchange.

Primeiramente, você irá acessar o site da sua exchange e cadastrar seu login e senha. Essa parte é bem rápida, muitas vezes basta uma confirmação através de um link que será enviado para seu e-mail cadastrado.

Aqui no Brasil, apenas cadastrar seu login e senha não lhe permite comprar criptomoedas ou se permitir será em quantidades extremamente pequenas. Para estar apto a comprar quantidades maiores, precisamos validar nossa conta.

Esse processo consiste em completar nosso cadastro com mais informações como endereço e situação patrimonial, muitas vezes também é pedido uma foto selfie com um documento de identificação nessa mesma foto.

comprar bitcoin brasil dolar 1024x556 - Como Comprar Bitcoin?
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Na tendência das exchanges serem vistas com cada vez mais seriedade, muitas vem implementando o formulário KYC (Know Your Client). Esse formulário tem como objetivo entender de forma mais aprofundada as origens dos recursos que serão investidos por cada cliente, evitando e dificultando a lavagem de dinheiro.

Esse formulário já é muito utilizado e difundido no mercado financeiro tradicional. Logo, muito provavelmente, a exchange da sua escolha já irá lhe solicitar o preenchimento desse formulário, se não agora, num futuro muito próximo.

Depois entra um mecanismo de segurança extra, que as exchanges aconselham fortemente que todos seus clientes o façam: a verificação de dois fatores. Toda a vez que você entrar na sua conta será pedido seu login e senha. Caso estejam corretos, um SMS será enviado para seu celular ou para o seu e-mail cadastrado. Esse SMS terá sempre números aleatórios e diferentes dos acessos anteriores.

Esse número (que foi enviado via SMS ou e-mail) deverá ser usado para preencher um novo campo no site da exchange. Se esse código for devidamente preenchido, você será, enfim, direcionado para sua área logada.

Existem ainda os autenticadores, que são uma espécie de tokens programáveis para determinados sites. Esse token gera uma segunda senha aleatória a cada 60 segundos. Essa senha deverá ser preenchida da mesma forma que o exemplo anterior e se estiver correta também o levará para sua área logada.

CUIDADO! Já tive amigos que perderam ou trocaram de celulares sem desativar o autenticador do velho aparelho, ou seja, ficaram sem acesso a sua conta na exchange. Eles conseguiram recuperar o acesso, mas todos, sem exceção, falaram que foi bem trabalhoso o processo de comprovação. Portanto, fica a dica: sempre que forem trocar de celular, verifiquem se há algum autenticador ativo nele, desative e ative no novo aparelho. Em caso de roubo, infelizmente, não há muito o que ser feito. Você terá que passar pelo mesmo processo trabalhoso que eles passaram.

Feito tudo isso, agora basta você fazer um DOC/TED para a conta da exchange, anexar o comprovante no campo indicado e esperar o saldo cair em conta. Com saldo em conta, preencha a boleta de compra com quantidade, preço e o ativo digital que desejar. Se tudo foi feito da maneira correta e com atenção, acredito que nesse momento você já seja o feliz detentor de uma bitcoin ou outra criptomoeda de sua preferência.

Reservas fracionárias e Proof of Funds

Em um dos meus artigos anteriores (Qual o Lastro da Bitcoin?), eu falo de forma mais aprofundada sobre as reservas fracionárias, que nada mais são do que o poder de multiplicação dos bancos. Pois bem, o assunto se faz presente nas exchanges também e merece sua atenção.

Quando um banco empresta várias vezes o mesmo dinheiro depositado, ele está criando uma espécie de dinheiro fictício a partir de um dinheiro que eu já considero sem lastro.

Quanto mais dinheiro fictício:

  • Os bancos conseguem auferir mais lucro, uma vez que conseguem emprestar mais dinheiro a partir de um mesmo montante inicial. Em outras palavras, esse banco está se alavancando mais;
  • Quanto mais o banco se alavanca, mais arriscada e frágil fica sua situação. Caso haja qualquer indício de que um banco esteja em situação de insolvência, a “corrida bancária” poderia arruiná-lo, uma vez que bastariam alguns saques para comprovar essa tese.

Existem leis e tratados para limitar essa alavancagem e manter a solvência do nosso sistema financeiro como um todo (Tratados de Basiléia I e II, são alguns exemplos). O Banco Central é responsável por supervisionar o cumprimento dessas regras.

bitcoins 1024x538 - Como Comprar Bitcoin?
Crédito da imagem: Reprodução/Internet

Nas exchanges temos algo semelhante. Elas podem vender várias vezes a mesma bitcoin a partir de um único saldo. Por se tratar de um mercado não regulamentado ainda não temos órgãos de supervisão e nem leis e tratados com essa finalidade. Para nos blindar dessas “reservas fracionárias 2.0”, podemos fazer/verificar os seguintes itens:

  • Proof of Funds algumas exchanges disponibilizam seus endereços públicos para conferência dos saldos líquidos. Assim é possível verificar se tudo que ela tem em débito de criptomoedas (saldos dos seus clientes) é coberto pelo saldo que a mesma tem em sua custódia oficial na blockchain;
  • Transferir seus fundos imediatamente para sua hardwallet ouwallet pessoal.
IMPORTANTE: toda a transação realizada dentro do ambiente da exchange, não gera registro na blockchain, apenas nos saldos e controles internos da mesma. Em outras palavras, a chave privada que dá acesso ao verdadeiro saldo registrado na rede da bitcoin, continua sendo da exchange!

Portanto, para ter certeza que as bitcoins compradas na exchange são de fato suas, sugiro a imediata transferência dos seus fundos para dispositivos em que você seja o detentor das chaves. Deixe na exchange somente o saldo que você pretende utilizar para seus trades de curto prazo.

Exchanges brasileiras: volumes e taxas

Até setembro de 2018, as maiores exchanges brasileiras por volume operado estavam divididas da seguinte forma, conforme tabela abaixo:

Exchange
Visitas Estimadas no Site
Volume (24h) – BTC
Site
Negocie Coins
352.4K398,38
Bitcambio198,3K151,81https://bitcambio.com.br
Mercado Bitcoin
2.5M137,73
Foxbit549,2K70,47https://foxbit.com.br
Bitcoin Trade
588.4K70,28
Braziliex524.4K31,1https://braziliex.com
Bitcointoyou
113.3K24,41https://pt.bitcointoyou.com

 

É importante salientar que em função desse mercado estar em constantes mudanças, esses números e posições tem se alterado frequentemente. Da mesma forma, os custos de negociação, depósitos e saques quem seguem na próxima tabela merecem a mesma atenção.

 

Exchange
Avaliação Reclame Aqui
Retirada nos Bancos Conveniados
Retirada nos Demais Bancos
Bancos Conveniados
Depósitos em Bitcoins
Retirada em Bitcoins
Ordem Tomadora (Ativa)
Ordem Formadora (Passiva)
Negocie Coins
ExcelenteR$1,500,90% + R$8,90CaixaR$ –0,0003 BTCTabela RegressivaTabela Regressiva
BitcambioBom1% + R$9,001% + R$9,00BB e CaixaR$ –R$ –0,00018 BTCNão Informado
Mercado Bitcoin
Bom1,99% + R$2,901,99% + R$2,90CaixaR$ –Valor Variável0,70%0,30%
FoxbitBom1,39%1,39% + R$9,70
Bradesco, Caixa, BB, Votorantin e Inter
R$ –0,00013 BTC0,50%0,25%
Bitcoin Trade
Ótimo0,99% + R$4,900,99% + R$4,90Não InformadoR$ –Valor Variável0,50%0,50%
BraziliexÓtimo0,25% + R$9,000,25% + R$9,00Não InformadoR$ –0,0001 BTC0,50%0,50%
Bitcointoyou
Regular1,89% + R$9,701,89% + R$9,70Não InformadoR$ –0,0005 BTC0,60%0,25%

Essas não são as únicas exchanges presentes no mercado brasileiro, temos outras menos relevantes. Além disso, temos exchanges em fase de desenvolvimento como é o caso da EZ COINS, que além de possuir ícones da programação em blockchain do mercado mundial no seu quadro de sócios, promete focar na experiência do usuário e educação “criptofinanceira”.

 A corrida tende a se acirrar ainda mais conforme o mercado de criptomoedas for ganhando relevância. Vivenciamos um período de forte expansão de negócios relacionados a esse setor e que não me causaria surpresa se fosse seguido por um forte movimento de consolidação, semelhante ao que foi verificado no mercado de corretoras de valores de investimentos convencionais. O tempo dirá!

Mostrar mais

Arthur Severo

Arthur Severo Rodrigues é assessor de investimentos há mais de 11 anos. Possui as certificações ANCOR, CPA-20 e CEA. Foi trader de alta frequência do mercado de opções da BM&FBOVESPA por 3 anos, rentabilizando mais de 4000% seu investimento inicial. Também é entusiasta e investidor de criptomoedas, possui a certificação CBP (Certified Bitcoin Professional) emitido pela C4 – CryptoCurrency Certification Consortium. É formado em administração pela ESAG – UDESC.

Celular: (48) 9 8824 1812 ramal: (48) 3031 3739
e-mail: [email protected]

Artigos Relacionados

Close