Como calcular os dividendos?

Investir em ações requer noções específicas para se planejar e agir da melhor forma possível. Pensando nisso, vamos ajudar você a compreender o que são, como funcionam e como calcular os dividendos.

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Para começar: O que são dividendos?

Os dividendos são, de forma resumida, os lucros de uma empresa distribuídos para seus acionistas. Eles são pagos na data em que o Conselho Administrativo declara a próxima distribuição.

A distribuição pode ser feita por dinheiro — o acionista recebe uma quantia referente ao rendimento das ações — ou em ações, ganhando mais ativos e participação na empresa.

  • No entanto, como funciona essa distribuição?
  • Como calcular os dividendos?
  • Vamos compartilhar com você!

Saiba mais sobre como calcular os dividendos

Geralmente, a forma como os dividendos são calculados é baseada no número de ações que um acionista possui, considerando o valor da ação. Por exemplo: se a ação da empresa X pagar um dividendo anual de R$ 7 e se você possui 100 ações, seu dividendo total será R$ 700 (número de ações x valor da ação).

Outra forma é calcular, considerando a porcentagem do preço atualizado da ação.

Entenda: caso uma empresa anuncie o dividendo de 3% do preço da ação (que é negociada por R$ 30), o resultado seria esse valor multiplicado pela quantia de ações em posse do acionista. Por ação, ficaria: 0,03 x R$ 30.

O Dividend Yield é também outra maneira de fazer o cálculo, até mesmo para ter um indicador por ano. Nesse caso, o dividendo anual estimado é dividido pelo preço atual.

Fórmula: Dividend Yield = Dividento anual por ação / Preço de cada ação. Exemplo: Caso as ações da empresa Z sejam R$100 e o dividendo anual seja oferecido a R$ 10, o resultado seria 0,1, ou seja, 10%.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Uma boa notícia para quem gosta de investir em ações por conta dos dividendos, é que as empresas reconhecidas como confiáveis, buscam cada vez mais agradar seus acionistas, tentando não decepcionar seus acionistas nas futuras distribuições. Claro que podem haver surpresas, afinal, o mercado financeiro não completamente estável, contudo, essa é uma boa premissa para se planejar.