Com Bolsonaro no segundo turno, Ibovespa tem um salto de 3% e dólar cai em 2%

Késia Rodrigues
Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por tecnologia, investimentos e viagens.

Um dia depois das eleições presidenciais no Brasil, o mercado reagiu de uma maneira positiva após Jair Bolsonaro (PSL) garantir sua vaga no segundo turno com 46% dos votos válidos, número acima do que mostravam as pesquisas. Em segundo lugar está Fernando Haddad (PT), com 29% da preferência dos eleitores. Outro ponto importante é que o partido de Bolsonaro conseguiu eleger 52 deputados, formando a segunda maior bancada para o próximo mandato, atrás apenas da bancada petista.

Nesta segunda-feira (08), exatamente às 12h36 (conforme o horário de Brasília), o Ibovespa alcançou 3,56% de alta e 85.785 pontos. Além disso, o contrato de dólar futuro, com vencimento em novembro, apresentou queda de 1,65%, sendo cotado a R$ 3,781. Já o dólar comercial apresentou recuo de 2,10% e foi cotado em R$ 3,774. As taxas de juros baixaram em reação ao resultado obtido no primeiro turno.

Acredita-se que a chance de vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno seja de aproximadamente 75%, segundo a consultoria política Eurasia. Assim, o mercado começa acreditar em uma maior governabilidade do candidato do PSL, visto o crescimento da bancada do partido no Congresso e a eleição de vários candidatos considerados de direita para o cargo de governador.

O time de análise da XP Research acredita que, com a performance alcançada por Jair Bolsonaro nas eleições em primeiro turno, caso a candidatura do candidato se concretize para 2019, a Bolsa de Valores será vista como um dos ativos mais atrativos do Brasil.

Ainda de acordo com a XP, os papéis que se beneficiaram do resultado nas eleições de ontem (7) são: Cemig, Banco do Brasil, Bradesco, Petrobrás, empresas aéreas e também de consumo como a Localiza, B2W, Lojas Americanas e Usiminas.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

As Bolsas pelo mundo

Depois que o Banco Central da China reduziu a taxa de compulsório dos bancos pela quarta vez em 2018, as Bolsas asiáticas encerraram em queda. Isso vem acontecendo diante dos efeitos negativos que a guerra comercial tem provocado na economia do país.

Houve um movimento de recuo também nas Bolsas europeias, reflexo do que aconteceu na Ásia e também das preocupações com o plano orçamentário da Itália. Em Wall Street, os índices futuros também operam em queda. Já o rendimento do Treasury, com vencimento em 10 anos, atingiu o seu maior nível desde 2011 na última sexta-feira (5).

Também ocorreram quedas nos preços do petróleo, pois há expectativa de que o Irã pode manter algumas de suas exportações. Isso depois que duas empresas indianas encomendaram um carregamento para o mês de novembro. Enquanto isso, o governo dos Estados Unidos está considerando isenções de sanções previstas para o próximo mês, de acordo autoridades do governo norte-americano.

Principais destaques do Ibovespa

  • Petrobrás (PETR3 +8,25% e PETR4 +9,64%);
  • Bradesco (BBDC3 +5,01% e BBDC4 +6%);
  • Banco do Brasil (BBAS3 +9,04%);
  • Itaú Unibanco (ITUB4 +5,4%);
  • Eletrobrás (ELET3 +13,97% e ELET6 +11,9%).

A tabela abaixo demonstra as maiores altas entre as ações do Ibovespa:

CódigoAtivoCot R$% Dia% AnoVolume R$
CMIG4CEMIG PN10,12+16,99+56,57197,43 milhões
ELET6ELETROBRAS PNB25,51+12,33+12,3837,84 milhões
ELET3ELETROBRAS ON20,98+11,89+8,4865,32 milhões
CYRE3CYRELA REALTON13,34+11,26+4,9822,70 milhões
PETR4PETROBRAS PN N226,46+10,43+65,091,32 bilhões

Já as maiores baixas são:

CódigoAtivoCot R$% Dia% AnoVolume R$
SUZB3SUZANO PAPELON39,82-4,92+114,08123,19 milhões
KLBN11KLABIN S/A UNT N217,76-3,11+3,4223,45 milhões
BRAP4BRADESPAR PN34,30-1,94+23,7913,88 milhões
FIBR3FIBRIA ON71,33-1,60+50,0815,42 milhões
VALE3VALE ON56,83-1,15+46,88330,99 milhões

Comentário do Assessor de Investimentos (por Brenda Peixoto)

[box type=”shadow” align=”” class=”” width=””]Os 46% dos votos direcionados ao candidato Jair Bolsonaro neste primeiro turno mostram uma grande probabilidade de já termos escolhido o novo presidente do Brasil. Para que Fernando Haddad, segundo colocado com 29%, chegasse aos 47% dos votos, precisaria somar os votos de Ciro Gomes, Geraldo Alkimin e João Almoêdo. O mercado já escolheu seu preferido, e de acordo com a probabilidade, vem antecipando a escolha dos brasileiros iniciando a segunda-feira pós eleição com forte alta. Por todas as condições econômicas estabelecidas até aqui, já é visto que o Brasil crescerá, independente de quem governe o país nos próximos quatro anos. Eleger quem o mercado escolheu, só fará com que o otimismo cresça mesmo antes de 2019.[/box]

Você é um investidor conservador?

Se não sabe, a melhor maneira de descobrir é fazendo o nosso teste de perfil. É rápido e de graça!

[banner id=”teste-perfil”]

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.