Cogna (COGN3) libera conteúdos gratuitos com valor equivalente a R$ 267 mi

Felipe Alves
null

Crédito: Divulgação

Maior grupo de educação do Brasil, a Cogna (COGN3) liberou vários conteúdos didáticos em meio à pandemia do coronavírus.

Já foram registrados 630 mil downloads dos conteúdos distribuídos gratuitamente. Considerando o valor destes produtos comercializados, o montante já doado chega a R$ 267 milhões, informa o Valor Econômico.

A medida foi uma forma de a Cogna contribuir com a educação dos brasileiros com o fechamento de unidades educacionais. Os conteúdos vão desde materiais voltados a quem vai prestar vestibular até pequenos empresários que buscam orientação e capacitação.

Neste ano, com a Covid-19, a empresa ampliou a oferta de serviços do seu braço de responsabilidade social e também abriu o conteúdo de vários negócios do grupo. No cálculo dos R$ 267 milhões, não estão contabilizados os serviços e ações sociais que a companhia já promovia antes da pandemia do novo coronavírus.

Como comparação, a diretora de impacto social da Cogna, Camilla Veiga, cita que no ano passado as doações somaram R$ 12,5 milhões por meio de vários programas educacionais.

Cogna é referência em educação

A Cogna tem uma série de negócios nos ensinos básico e superior, cursos profissionalizantes e de idiomas. Entre eles estão, as marcas Anglo e pH que têm colégios, curso preparatório e sistemas de ensino, as editoras de livros didáticos Ática, Scipione e Saraiva e a escola de inglês Red Balloon. No ensino superior, a Cogna é a dona da Kroton, que tem 820 mil alunos matriculados. Em 2019, a Cogna teve receita líquida de R$ 8 bilhões e um lucro líquido de R$ 241,6 milhões.

Até o momento, a maior demanda foi registrada na plataforma Stoodi. Esta é uma plataforma de conteúdo e aulas on-line focada no Enem. Foram mais de 430 mil acessos desde que passou a ser ofertada gratuitamente. Antes, pagava-se uma mensalidade de R$ 89 para ter acesso ao cursinho Stoodi.