CNI: Índice de Confiança do Empresário Industrial sobe em novembro

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Foto: Divulgação/ Braskem

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) cresceu 1,1 ponto frente a outubro e atingiu 62,9 pontos em novembro.

Segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta sexta (13), a confiança está cada vez mais intensa e disseminada no setor industrial.

CNI: indicador mais próximo do período pré-pandemia

A entidade lembra que e o indicador situa-se mais próximo ao pico pré-pandemia: 64,7 pontos em fevereiro.

O indicador varia de 0 a 100 pontos, sendo que todos os valores acima de 50 pontos indicam empresários confiantes e melhora da situação corrente ou expectativa otimista.

A CNI destacou que, desde agosto, o ICEI retrata confiança ao registrar valores acima da linha dos 50 pontos.

CNI: 68% das indústrias têm dificuldades para obter insumos no país

Melhora da economia, segundo a CNI

Para a entidade, o aumento da confiança foi estimulado pela melhora da percepção sobre as condições atuais das empresas e da economia brasileira em relação aos últimos seis meses.

Já as expectativas para os próximos seis meses variaram pouco, mas seguem otimistas.

Em novembro, o Índice de Expectativas registrou 64,8 pontos, praticamente não variando em relação a outubro: aumento de 0,3 ponto.

A pesquisa contou com entrevistas a 1.395 empresas, sendo 539 de pequeno porte, 526 de médio porte e 330 de grande porte, entre 3 e 9 de novembro.

Para participar da nova edição da Money Week, de 23 a 27 de novembro, inscreva-se

*Com Agência Brasil

Amazon (AMZO34): como investir na empresa de Jeff Bezos

Linx (LINX3) faz aquisição da Mercadapp por R$ 10,5 milhões

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato