CNI aponta queda de 4,8% no faturamento da indústria em março

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: © José Paulo Lacerda/CNI/Direitos reservado

A CNI revelou que a pandemia de coronavírus causou queda de 4,8% no faturamento da indústria brasileira na comparação de março com fevereiro de 2020.

Segundo relatório divulgado pela Confederação Nacional da Indústria, a redução no faturamento impactou diretamente uma série de setores.

As horas trabalhadas na produção tiveram recuo de 1,8%, menor índice da série histórica.

O emprego industrial também despencou 0,7% e chegou à maior queda mensal registrada desde 2016.

A Utilização da Capacidade Instalada recuou 2,5 p.p, caindo para 76% e se aproximando dos 75,9% registrados em maio de 2018, durante a greve dos caminhoneiros.

Baixe a planilha e faça você mesmo o rebalanceamento da sua carteira de investimentos

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Indenizações

CNI

De acordo com o relatório da CNI, a massa salarial paga aos trabalhadores da indústria aumentou 2,2% em março na
série dessazonalizada. Na comparação com março de 2019, a alta é de 2,1%.

O rendimento médio real dos trabalhadores da indústria aumentou 5,9% em março, considerando a série livre de efeitos sazonais. Na comparação com março de 2019, a alta é de 3,9%.

Esses números são reflexos do grande número de demissões das empresas em meio à pandemia de coronavírus e o consequente pagamento das indenizações previstas em Lei.

“Culpa” do distanciamento social

Criticado pelo presidente Jair Bolsonaro e por empresários, mas defendido por prefeitos e governadores, o distanciamento social foi apontado por Carlos Abijaodi como “culpado” pela queda no faturamento real da indústria.

Segundo o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, as medidas restritivas ao coronavírus aplicadas por todo o País causaram reflexos imediatos.

“Os resultados refletem os impactos da pandemia do coronavírus na indústria. Na segunda quinzena de março ocorreu o endurecimento das medidas de distanciamento social e o consumidor parou ou reduziu suas compras. Essa queda da demanda teve reflexos imediatos no faturamento”.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos