Cielo (CIEL3) tem lucro líquido de R$ 241,3 mi no 1TRI21, alta de 44,7%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Cielo

A Cielo (CIEL3) reportou um lucro líquido de R$ 241,3 milhões no primeiro trimestre de 2021, um aumento de 44,7% sobre o mesmo período do ano anterior.

Segundo a Cielo, trata-se do segundo trimestre consecutivo de expansão do lucro líquido, na comparação contra mesmo trimestre do ano anterior.

“No comparativo com o mesmo período de 2020, a expansão do resultado pode ser atribuída principalmente ao resultado da Cielo Brasil, 81,7% superior em relação ao 1T20”, destacou a companhia.

Já na comparação com o trimestre anterior, a queda foi de 19,1%, refletindo o comportamento sazonal dos volumes e do resultado, uma vez que o desempenho do comércio tende a ser mais forte no último trimestre de cada ano.

O resultado financeiro consolidado da Cielo no trimestre foi uma receita de R$ 34,8 milhões, queda de 37,6% sobre a base anual.

A companhia informou que o volume capturado pela Cielo Brasil totalizou R$ 160,0 bilhões, crescimento de 0,2% sobre o primeiro trimestre de 2020 e queda de 16% sobre o trimestre anterior.

“Cabe destacar os segmentos Varejo e Empreendedores, nos quais o volume registrou expansão de 10,3% contra 1T20, aumentando a participação combinada desses segmentos para 35,4%”, disse a Cielo.

Receita líquida cai e Ebitda sobe

A receita operacional líquida recuou 3,8% no primeiro trimestre, passando de R$ 159,77 milhões em 2020 para R$ 160,03 milhões um ano depois.

Na comparação com o quarto trimestre de 2020 a receita líquida recuou 16%.

Por outro lado, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no primeiro trimestre avançou 6,9%, atingindo R$ 613,6 milhões.

Um ano antes, o Ebitda era de R$ 573,8 milhões.

A companhia informou ainda que a alienação da participação na Orizon e cessão da Plataforma Elo adicionaram R$ 509 milhões ao caixa da Cielo no trimestre.

Além disso, no período, a Cielo captou R$ 2 bilhões por meio de uma estrutura de FIDC.

Confira os principais resultados financeiros do balanço da Cielo (CIEL3):