China: balança comercial e PMI vêm acima da projeção do mercado

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Dois dados relevantes da economia chinesa foram divulgados na manhã desta sexta-feira (7). A balança da China de abril teve superávit de US$ 42,86 bilhões, bem acima da projeção de US$ 28,10 bilhões do mercado.

As exportações subiram 32,3%, quando o aguardado eram 24,1%. E as importações subiram 43,1%, também acima dos 42,5% das projeções. Os dados foram divulgados pelo Escritório Nacional de Estatísticas.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Outra divulgação foi do Caixin com IHS Markit, do Índice dos Gerentes de Compras (PMI na sigla em inglês) do setor de serviços e composto (que une indústria e serviços).

O PMI de serviços em abril chegou a 56,3 pontos, ante 54,3 do mês anterior. Já o PMI composto alcançou 54,7 pontos em abril, mais forte do que os 53,1 de março. Este é o nível mais alto já alcançado neste ano. O PMI industrial, divulgado anteriormente, foi de 51,9, ante 50,6 de março.

As leituras acima de 50 pontos do PMI indicam crescimento da atividade. Ao contrário, abaixo de 50, indicam retração,

Segundo o relatório do PMI, as empresas pesquisadas se mostraram confiantes com a economia nos próximos 12 meses.
No entanto, os indicadores de custos de insumos e preços de produtos permaneceram em nível alto, indicando alta da pressão inflacionária.

“Em suma, a recuperação pós-epidemia de manufatura e serviços acelerou com a expansão da oferta e da demanda. A confiança estava alta, em meio à forte demanda do exterior, o que melhorou o emprego. Mas a inflação será um foco no futuro”, afirmou Dr. Wang Zhe, economista sênior do grupo Caixin.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

PMI da China: comparação indústria x serviços

PMI China

Reprodução/IHS Markit