China aprova compra da Embraer pela Boeing

Paulo Amaral
null

Crédito: Agência Brasil

A Boeing, maior fabricante de aviões do mundo, está com o caminho livre para concretizar a compra do controle de aviação da Embraer.

O sinal verde foi dado nesta semana pelo órgão de defesa da concorrência da China, publicado no site do departamento antimonopólio da Administração Estatal de Regulação do Mercado da China e aparece na lista de transações da última terça-feira (19).

Qualificada como “aprovada sem condicionante”, a transação não foi revelada com maiores detalhes, mas consta como fechada dez dias antes do prazo final estipulado para seu fechamento, dia 9 de novembro.

A estratégia da Boeing em adquirir 80% da divisão comercial de aviação da Embraer tem como principal foco colocar a empresa em condições de igualdade de mercado com a Airbus no ramo de jatos com até 150 lugares.

A aprovação chinesa ao negócio foi anunciada pouco depois de a União Europeia ter adiado a decisão para 2020 e pedido novas documentações para ambas as empresas envolvidas na transação.

 

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.