China ameaça publicar “lista negra” de empresas americanas

Cláudia Zucare Boscoli
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/iStock Photos

A imprensa estatal chinesa anunciou na manhã desta terça-feira (3), no Twitter, que existe uma lista com instituições não confiáveis dos Estados Unidos que pode ser publicada a qualquer momento. A tal lista poderia gerar sanções contra companhias americanas.

O anúncio demonstra que as conversas do acordo comercial entre China e EUA estão bem longe de um desfecho. Um dos pontos em aberto é a questão dos direitos humanos.

Abusos

O “Global Times”, do partido comunista, publicou no Twitter um post afirmando que a lista deve ser liberada em breve e que é uma resposta à proposta do senador republicano Marco Rubio, que pede restrições a autoridades chinesas supostamente envolvidas em abusos contra muçulmanos de Xinjiang, noroeste do país.

A China é acusada de encarcerar até um milhão de uigures como parte de uma campanha antiterrorista, ações que o governo chinês descreve como “reeducação voluntária”.

O ministro das Relações Exteriores da China evitou falar sobre a lista, mas reafirmou que a determinação chinesa de se opor a qualquer interferência estrangeira é inabalável. “A China tomará as medidas necessárias de acordo com a situação”, afirmou a porta-voz do ministério, Hua Chunying, em entrevista coletiva.

Pendências sobre direitos humanos

Trump assinou, na semana passada, dois projetos de leis favoráveis aos manifestantes que lutam pela independência de Hong Kong em relação a Pequim.

Um deles ameaça sanções contra autoridades que minam a autonomia de Hong Kong. O outro proíbe a exportação de dispositivos de controle de multidões para a polícia de Hong Kong, que tenta conter os protestos pró-democracia.

Depois disso, a China passou a ameaçar com sanções algumas organizações de direitos humanos e a proibir a entrada de navios e aviões americanos em Hong Kong. Também ameaça retirar vistos diplomáticos de autoridades americanas.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

O governo chinês argumenta que tais ações de Trump “violam o direito internacional e as normas básicas das relações internacionais”.

China e EUA tentam chegar à primeira fase de um acordo comercial, mas não alcançaram entendimento sobre a retirada de tarifas norte-americanas a produtos chineses e a compra de produtos agrícolas dos Estados Unidos pela China. O prazo para o presidente americano Donald Trump não adicionais ainda mais impostos aos produtos chineses acaba em 15 de dezembro.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.