Small Caps Summit traz GetNinas (NINJ3), Enjoei (ENJU3) e Mosaico (CASH3)

José Azevedo
Jornalista especializado em economia.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Nesta terça-feira (27), está acontecendo mais uma rodada de mesas do Small Caps Summit, organizado pela Eu Quero Investir. O primeiro evento da noite contou com a presença de Eduardo Hotelier, CEO da GetNinjas (NINJ3), Ana Luiza MacLaren, da Enjoei (ENJU3), e Thiago Flores, da Mosaico (MOSI3), que comentaram o assunto em comum dos seus três negócios: a internet.

Os três afirmaram que, em parte, suas companhias foram beneficiadas no último ano pela covid-19. “As pessoas se viram no meio da pandemia sem saber o que ia acontecer. O varejo físico estava fechado. O e-commerce virou a única forma de sobrevivência para os vendedores e para os clientes única forma de comprar”, contou o CEO da Mosaico, companhia que possui sites como o Buscapé e o Zoom.

McLaren, da Enjoei, plataforma de venda de roupas (usadas e novas), disse que sua companhia também surfou a onda. “Muitas pessoas descobriram que a internet é um espaço produtivo, gerador de renda. Algumas se descobrirão vendedoras, estão fazendo cursos, aprendendo a usar esse espaço”, contou. 

Na parte de prestação de serviços, onde a GetNinjas trabalha, oferecendo trabalhos como reparo de móveis e consertos domésticos, não foi diferente. “Quando a pessoa fica mais em casa, a tendência é que os eletrodomésticos quebrem mais. Além disso, se você está em casa o dia inteiro, aquela torneira pingando vai incomodar mais do que se você trabalhasse fora”, disse Hotelier.

Demanda maior trouxe desafios para small caps

Um desafio encontrado pelas três companhias, todas recém-chegadas na bolsa, foi, justamente, saber lidar com essa nova demanda maior. “A atração do usuário deve ser compatível com o tamanho da rede. Você só cria uma demanda que você consegue atender”, contou a CEO da Enjoei. “A gente cresceu com pouco investimento. Controlamos muito as ações que eram feitas para atrair o usuário”.

Segundo comentários dos executivos das small caps, em seus negócios, atrair uma base de clientes que, posteriormente, não poderá ser completamente atendida cria uma experiência ruim para o usuário. 

A Mosaico vai no mesmo caminho. “Eu não vendo, ajudo o consumidor a comprar. E está cada vez mais difícil fazer isso. Temos mais players, mais produtos, mais consumidores. É muita informação”, contou. “Por isso, pilotamos os investimentos com a unha”, disse Flores. 

E, justamente por terem realizado IPOs recentemente, as três companhias estão com mais caixa do que nunca. E, apesar das dificuldades, já encontradas, as companhias querem mais. 

Small caps do e-commerce têm espaço para mais

“Mesmo com todo o avanço do ano passado, a penetração do e-commerce no Brasil ainda é muito baixa. Apenas 10% do varejo está neste segmento. Na China o número é de 30%”, comentou o CEO da Mosaico. 

Segundo eles, ainda falta, ao povo brasileiro, uma preparação para que o comércio digital seja mais utilizado. E é justamente neste segmento que as empresas estão focando seus investimentos.

“No segmento de serviços a penetração é ainda menor, de 1,1%”, contou o executivo da GetNinjas. “Já investíamos em marketing antes do IPO, mas muito menos do que temos condição de fazer hoje. O que temos em caixa é muito mais do que tivemos em toda a nossa história”.

Crescimento destas small caps continuará impondo desafios

Apesar da tentativa de levar educação, Hotelier afirmou acreditar que, boa parte da penetração, se dá por um movimento de rede: uma pessoa puxando a outra. 

Para a Enjoeei, segundo McLaren, o cenário não é muito diferente. “Um dos nossos desafios é convencer a pessoa que é ok usar roupa usada. Que é algo positivo”, comentou. 

O esperado, porém, é que o capital levantado ajude nessa missão. “Agora temos um nível de pesquisa muito maior. É estratégico. Estudamos os gatilhos que irão fazer as pessoas quererem vender e comprar online conosco”, contou a CEO da Enjoei. 

Quer saber mais sobre investimentos? Preencha o formulário abaixo para que um assessor entre em contato!