Centauro (SBFG3) lucra R$ 15 milhões no 4TRI, queda de 91,1%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Loja Centauro Crédito Mercado&Consumo

A Centauro (SBFG3) reportou lucro líquido de R$ 15 milhões no quarto trimestre de 2020. Os números representam um recuo de 91,1% sobre o mesmo período de 2019, com lucro de R$ 164 milhões.

No acumulado de 2020, a companhia totalizou prejuízo líquido de R$ 113 milhões ante um lucro líquido de 310 milhões em 2019.

O resultado financeiro no trimestre foi uma despesa líquida de R$ 18 milhões ante uma despesa líquida de R$ 1,33 milhão no mesmo trimestre de 2019.

No ano, o resultado financeiro foi uma despesa líquida de R$ 25,45 milhões, queda de 51,4% sobre 2019.

Receita avança 28,3%

A receita líquida da Centauro no quarto trimestre de 2020 atingiu R$ 1,09 bilhão, incremento de 28,3% sobre o mesmo período de 2019.

Nos doze meses de 2020, a receita da companhia recuou 5,4%, totalizando R$ 2,4 bilhões.

Já o lucro bruto no trimestre foi de R$ 472 milhões, alta de 15,1%. Ao mesmo tempo, a margem bruta foi de 43,2%, queda de 5 pontos porcentuais.

O lucro bruto em 2020 caiu 16,6% totalizando R$ 1,05 bilhão, ao passo que a margem bruta reportada foi de 43,6%, queda de 5,8 p.p.

De acordo com a companhia, a plataforma digital cresceu 63,2% em comparação com o quarto trimestre de 2019, saindo de R$ 142,7 milhões para R$232,9 milhões. No ano de 2020 houve crescimento de 67,1%, totalizando R$ 734,9 milhões, com destaque para a maior Black Friday já realizada, com um volume de pedidos 74% maior que no evento de 2019 e aumento de 23% na receita.

Ebitda cai 57,8%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) para o quarto trimestre foi de R$ 126 milhões. Os números refletem uma queda de 57,8% sobre o Ebitda de um ano antes.

A margem Ebitda para o trimestre foi de 11,5% ante uma margem de 35,1% no mesmo trimestre de 2019.

Em 2020, o Ebitda totalizou R$ 156 milhões, valor 76,8% inferior ao registrado em 2019. A margem Ebitda ajustada para o acumulado do ano foi de 6,5%, queda de 20 p.p.

Caixa e Endividamento da Centauro

A dívida líquida da Centauro encerrou o quarto trimestre em R$ 245,38 milhões, alta de 79,9% sobre 2019.

A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida / Ebitda ajustado, ficou em 1,1 vez no final do trimestre. Um ano antes a alavancagem financeira era de 0,3 vez.

Confira os principais destaques financeiros do balanço da Centauro (SBFG3)