Cemig (CMIG4), Suzano (SUZB3) e Banco do Brasil (BBAS3) entram na carteira da Terra

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / Cemig

A Terra Investimentos divulgou sua carteira para a semana que se encerra em 17 de julho e sugeriu três alterações. Entram Cemig (CMIG4), Suzano (SUZB3) e Banco do Brasil (BBAS3) e saem Energias do Brasil (ENBR3), Bradespar (BRAP4) e Lojas Renner (LREN3).

JBS (JBSS3) e Iguatemi (IGTA3) seguem na carteira.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Na semana que fecha neste dia 10, o Ibovespa teve alta de 3,04%, enquanto a carteira Top5 da Terra subiu 4,65%.

Nos 12 últimos meses, a diferença entre a Top5 e o Ibovespa é enorme: alta de 41,69% contra queda 6,29% do índice de referência.

Todos os cinco ativos da carteira anterior subiram na semana.

Destaque para Lojas Renner (LREN3), com mais 7,85%, e Iguatemi (IGTA3), com mais 7,13%. O pior desempenho foi da Energias do Brasil (ENBR3), com mais 0,62%.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.

Terra divulga objetivos

A Cemig (CMIG4) tem objetivos sugeridos entre R$ 12,60 e R$ 13,20. O valor hoje está em torno de R$ 11,40.

A Suzano Papel e Celulose (SUZB3) tem alvo sugerido entre R$ 40,10 e R$ 42,00. Está hoje em torno de R$ 36,60.

E o Banco do Brasil (BBAS3) fica sugerido entre R$ 37,80 e R$ 40,50. O preço atual está rondando os R$ 33,80.

Os analistas da Terra ainda indicam JBS (JBSS3) entre R$ 25,50 e R$ 26,30 – atualmente, ao redor de R$ 23,00 – e Iguatemi (IGTA3) entre R$ 40,50 e R$ 43,00 – hoje, em torno de R$ 36,30.

Para todos os papéis da carteira, o stop sugerido pela corretora é de 10% de queda.