Cemig (CMIG4) compra 49% de usinas de energia solar por R$ 54,92 mi

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação

A Cemig (CMIG4) anunciou nesta quarta (25) a compra de 49% de usinas fotovoltaicas pela subsidiária Cemig SIM.

O valor da transação foi de R$ 54,92 milhões.

“São sete Sociedades de Propósito Específico (ou SPEs) voltadas à geração de energia por fonte solar fotovoltaica para o mercado de geração distribuída, totalizando uma potência instalada de 29,45MWp”, explica a Cemig,

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

“A Cemig SIM é a empresa do grupo destinada à participação no mercado de geração distribuída”, diz o comunicado da companhia

Após a aquisição, a Cemig passa a deter 49% de participação em ativos que somam 46,27 MWp.

Dessa forma, a energia gerada por esses ativos atende aproximadamente 2.100 unidades consumidoras dos segmentos comercial e industrial de baixa tensão e um consumo mensal de cerca de 6,2 GWh.

Cemig (CMIG4) reverteu prejuízo em lucro de R$ 545 mi no 3TRI

A Cemig (CMIG4) registrou lucro líquido de R$ 545,4 milhões no terceiro trimestre de 2020, revertendo prejuízo de quase R$ 282 milhões no mesmo período do ano passado.

No acumulado do ano, o lucro líquido atingiu R$ 1,53 bilhão, contra R$ 2,63 bilhões de igual período de 2019.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 496,6 milhões, uma elevação de 112,4%.

Receita

A receita líquida atingiu R$ 6,369 bilhões no período, alta de 4,9% em relação ao mesmo período de 2019.

O lucro bruto cresceu 8,2 vezes no terceiro trimestre de 2020, atingindo R$ 1,451 bilhões.

LEIA MAIS

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Construção concentra 25% dos IPOs do ano, mas ações registram queda

Dividendos: confira as ações mais recomendadas para novembro

Precisa de orientação para investir no mercado acionário? A  EQI Investimentos pode ajudar. Basta preencher o formulário abaixo que um assessor entrará em contato