Celulose Irani (RANI3) estuda oferta pública de ações

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Facebook

Em fato relevante divulgado ao mercado, a Celulose Irani (RANI3) informa seus acionistas que estuda a realização de uma eventual oferta pública de distribuição primária de ações.

A empresa contratou o Banco BTG Pactual S.A., o Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A. e a XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A. para a prestação de serviços de coordenação da potencial oferta.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Mas, apesar do movimento, garante que qualquer decisão está sujeita à aprovação dos acionistas. “Este Fato Relevante possui caráter meramente informativo e não deve, em nenhuma circunstância, ser interpretado como, nem constituir, uma recomendação de investimento ou um anúncio de oferta pública de quaisquer valores mobiliários de emissão da Companhia no Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer outra jurisdição”, afirma.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo