CDI: Certificado de Depósito InterbancárioÍndices e IndicadoresMeu Investimento

CDI: O objetivo a ser batido em uma carteira de investimentos

CDI, você sabe o que significa? Se você está aqui, é porque está procurando por investimentos.

Avalie este artigo!

CDI, você sabe o que significa? Provavelmente já deve ter lido essa sigla em algum lugar. Se o você está aqui, é porque está procurando por investimentos, ou seja, já ouviu falar sobre CDI, ou DI.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Neste artigo vamos abordar:

  • O que é o CDI
  • Por que superar o CDI?
  • Como superar o CDI?

O que é CDI?

O CDI é abreviação de Certificado de Depósito Interbancário. Essa taxa é indexada em operações de empréstimos entre bancos. Consequentemente essa taxa se tornou sinônimo de rendimento de produtos bancários, como o CDB ou as letras de crédito, LCI e LCA.

Portanto é normal ver os títulos bancários serem indexados a uma porcentagem do CDI.

Por exemplo, os grandes bancos, como Itaú, Bradesco, Caixa, Santander e Banco do Brasil oferecem CDB com 70% do CDI geralmente.

Ou seja, a rentabilidade do título é de 70% da rentabilidade do CDI naquele período. Mas o leitor sabe ao certo, da onde sai essa rentabilidade, ou quem calcula?

Rentabilidade do CDI

O CDI segue sempre de perto a taxa Selic. Para aqueles que não sabem, a Selic é a nossa taxa básica de juro. A cada 45 dias o Banco Central revisa a taxa Selic. Eles podem aumentar, reduzir ou simplesmente manter a taxa, tudo vai depender do atual momento da economia.


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


A taxa Selic serve também para remunerar os títulos públicos pós fixados, que são os títulos de menor risco e de maior liquidez em nosso mercado financeiro.

Por este motivo podemos dizer que ganhar 100% do CDI é o mínimo a se buscar em um investimento.

Caso sua aplicação renda menos que 100% do CDI faria mais sentido estar aplicando em um título público pós fixado para ganhar Selic que será próximo a 100% do CDI.

No momento em que escrevo esse artigo, a nossa taxa Selic vem caindo.

Essa queda vem ocorrendo desde o final de 2016. Juntamente com a Selic, o CDI também vem “derretendo”.

Querendo ou não, esse movimento de redução gradual do juro, vem reduzindo a rentabilidade de diversos produtos financeiros.

Fato que tornou o 100% do CDI algo essencial, ou podemos dizer, o mínimo a se buscar. Ao investir em produtos financeiros de renda fixa (excluindo as LCI, LCA) existe a retenção de imposto de renda ao final.

Ao resgatar um papel, ou no vencimento do mesmo, o investidor não vai receber 100% do rendimento ali destacado.

É sempre importante analisar que haverá incidência de imposto de renda. Outro detalhe esse imposto é retido de forma regressiva.

Ou seja, quanto maior for o tempo que o investidor permanecer com o dinheiro aplicado, menor será a retenção de IR sobre o ganho.

Segue tabela com as alíquotas praticadas:

Tabela regressiva de IR

Pense por um momento, se você investir em um CDB que paga 70% do CDI e realizar o resgate antes de completar 180 dias, o seu dinheiro vai lhe render muito pouco.

Provavelmente menos do que a própria poupança! Nesse caso não faria sentido investir em produtos financeiros como o CDB.

Porém, existem as corretoras independentes, como a própria XP Investimentos! A XP é pioneira na área, oferecendo aos clientes uma espécie de Shopping Financeiro.

Várias oportunidades!

O leitor conhece um Shopping Center, correto? Desde o menor até os maiores, o formato é basicamente o mesmo.

Várias lojas, cinema, praça de alimentação, inclusive um parque para as crianças! Na XP é basicamente a mesma coisa (excluindo a parte da praça de alimentação e  cinema). Com relação ao parque, em minha opinião, a plataforma da XP é um parque para os investidores!

Os produtos financeiros oferecidos pela XP vão muito além do CDB. Mesmo assim, os CDB disponíveis possuem rendimentos de 100% do CDI e até mais! Muito mais!

Estamos falando de instituições financeiras que oferecem até 120% do CDI! Em outras palavras, mesmo sofrendo a retenção mais alta de IR (22,5%) o investidor ainda vai ter um rendimento muito alto, e bem mais lucrativo do que a poupança!

Outro detalhe, não há custos para investir em CDB, LCI, LCA ou qualquer outro produto financeiro pela plataforma da XP.

Estamos falando de uma excelente oportunidade de investimento! CDBs que oferecem rentabilidade acima dos 100% do CDI e sem custos!

cash-in-hand

Vale lembrar que boa parte desses investimentos possuem datas de vencimento. Ou seja, o investidor não poderá resgatar o valor a qualquer hora.

Pode sim negociar o ativo em questão. Caso precise da liquidez antes do tempo, é possível realizar a venda através de um agente de investimentos.

É importante ressaltar que tal operação pode exigir um desconto sobre o valor do papel (para negociar com mais facilidade).

O certo seria esperar até o vencimento. Por isso faça um investimento consciente, levando em consideração o tempo que você está disposto a aguardar para conseguir o seu capital de volta.

E lembre-se, quanto maior for o tempo até o vencimento, maior será a rentabilidade oferecida pela instituição e menor será a retenção de IR!

É seguro?

Com certeza! Esses produtos possuem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Sem dúvidas ninguém fica tranquilo em deixar o dinheiro investido por tanto tempo com um banco.

Ainda mais se esse banco for pequeno. Mas como todas as instituições financeiras, esses bancos  precisam de dinheiro (uma vez que o dinheiro é a matéria prima).

Siga-nos no Facebook e receba as atualizações do Blog:

Por isso foi necessário criar um fundo para oferecer garantias aos investidores. Então lá no início da década de 90, logo após o plano Real, surgiu o FGC.

O FGC oferece a garantia de até R$ 250.000,00 por CPF e instituição financeira. Ou seja, se o investidor possui R$ 400.000,00 investidos em um CDB de um banco, e esse banco vir a falir, o investidor terá a garantia de receber ao menos os R$ 250.000,00 do FGC.

Por isso o interessante é investir o dinheiro em diferentes bancos. Por exemplo, se no mesmo caso, ao invés de aplicar os R$ 400.000,00 em uma mesma instituição, o investidor escolhesse duas, R$ 200.000,00 em uma e R$ 200.000,00 em outra, no caso de uma delas falir, o seu capital estaria totalmente seguro (lógico, se as duas virem a quebrar, então o FGC continuaria garantido os R$ 250.000,00).

Resumindo

O CDI definitivamente funciona como uma linha d’água para os investimentos, além de ser utilizado como rentabilidade para boa parte dos produtos financeiros de renda fixa, o CDI também é um benchmark para vários fundos e portfólios espalhados pelo Brasil.

O leitor pode ver as lâminas dos fundos de investimento, tanto de renda fixa quanto de renda variável. Por se tratar de uma métrica básica no mundo dos investimentos, aqueles que não conseguem, ao menos, bater os 100% do CDI podem se considerar com problemas.

Fato que não deve ser visto somente como algo negativo, mas sim como motivação, uma vez que existem várias formas de conseguir recuperar a rentabilidade da carteira, e bater o CDI!

Paulo Dalla Rosa

Paulo Dalla Rosa, é um dos fundadores do Portal Eu quero investir, Com mais de 12 anos de experiência no mercado financeiro, auxiliando neste tempo milhares de investidores a atingirem seus objetivos através deste mercado.

Se quiser auxílio para encontrar bons investimentos, basta me chamar via e-mail ou WhatsApp:

e-mail: paulo.dallarosa@euqueroinvestir.com

Whatsapp: 47 9791-7925

Artigos Relacionados

Close