CCR (CCRO3) registra queda de 1,5% no tráfego na última semana

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / Rodonorte

A CCR (CCRO3) informou o tráfego pelas suas estradas administradas e apontou uma redução de 1,5% no período entre 31 de julho e 06 de agosto de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. No acumulado do ano, houve uma diminuição de 6,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Por todas as rodovias operadas pela CCR passaram menos 14,3% carros de passeio e mais 8,3% de veículos comerciais.

Nova Dutra e Autoban

Os dois principais sistemas rodoviários operados pela CCR mostraram quedas nos comparativos com o mesmo período do ano anterior.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

A Autoban, que agrega as duas principais rodovias da capital paulista para o interior do estado, Bandeirantes e Anhanguera, tiveram uma queda de 7,9%.

Foram menos 25,29% de veículos de passeio e mais 6,8% de veículos comerciais.

No acumulado do ano, a queda está em 12,5%.

Na Nova Dutra, que liga as duas mais importantes cidades do país, São Paulo e Rio de Janeiro, a queda é de 5,8% nesta semana.

Foram menos 14,6% de carros de passeio e menos 1,3% de comerciais.

No acumulado do ano, a queda no trafego é de 13,4%.

Mobilidade urbana e aeroportos

A CCR administra duas linhas de metrô em São Paulo (a 4 e a 5), o sistema metroviário de Salvador a Lauro de Freitas, e as barcas Rio-Niterói.

A queda na operação de mobilidade urbana foi de 58,1%, na semana analisada. Na semana anterior, a contração era de 58,1%.

No acumulado do ano, menos 43,1%, contra 42,6% da última semana.

O aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, também administrado pela CCR, mostrou diminuição 86,6%, enquanto na semana anterior, a queda era de 88,1%.

No acumulado do ano, a retração é de 57,5%, contra menos 56,5% da semana passada.