CCR (CCRO3) lucra 2,38 vezes mais no balanço do 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação / Grupo CCR

A CCR (CCRO3) registrou lucro líquido de R$ 688,9 milhões no balanço do primeiro trimestre (1TRI21).

Os números refletem uma alta de 2,38 vezes mais que o lucro do 1TRI20, com R$ 289,7 milhões.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

O resultado financeiro da companhia foi uma despesa líquida de R$ 355,6 milhões no 1TRI21, ante um resultado negativo de R$ 371,7 milhões no 1TRI20.

O tráfego consolidado apresentou crescimento de 1,7%. Excluindo-se a ViaSul, houve queda de 0,1% no período.

No balanço do 1TRI21, os investimentos realizados (incluindo o ativo financeiro), somados à manutenção, atingiram R$ 327,2 milhões.

CCR (CCRO3) : principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 1TRI21: R$ 688,9 milhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 289,7 milhões

Ebitda ajustado 

  • Ebitda ajustado 1TRI21: R$ 2,5 bilhões
  • Ebitda ajustado 1TRI20: R$ 1,46 bilhões

Receita líquida

  • Receita 1TRI21: 3,438 bilhões
  • Receita 1TRI20: 2,387 bilhões

Ebitda avança 70,7%

O Ebitda ajustado da CCR (CCRO3) no balanço do 1TRI21 atingiu R$ 2,5 bilhões, alta de 70,7% sobre a base anual.

Já a margem Ebitda ajustado registrou avanço de 11,4 p.p., com 72,8% no 1TRI21 ante margem de 61,4% no balanço do 1TRI20.

Receita cresce 44,1%

No balanço do 1TRI21, a CCR (CCRO3) registrou uma receita de R$ 3,43 bilhões, aumento de 44,1% sobre o mesmo período do ano passado.

“As isenções de cobrança de tarifa referente aos eixos suspensos dos caminhões representaram uma perda de receita de pedágio, incluindo as receitas proporcionais de Renovias e ViaRio, de aproximadamente R$ 101,9 milhões no 1T21 e R$ 983,1 milhões desde o início das isenções, em maio de 2018”, destacou a empresa.

A dívida líquida consolidada (IFRS) atingiu R$ 13,6 bilhões em março de 2021 e o indicador dívida líquida/Ebitda ajustado (últimos 12 meses) marcou 2,4x.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3