Casa Branca reúne setor tecnológico devido ao coronavírus

Tatiane Lima
Jornalista, redatora sênior. Tecnóloga em Recursos Humanos e MBA em Comunicação e Marketing. Apaixonada por empreendedorismo criativo. Atuei nos três setores, com hard news, jornalismo on, off e redação publicitária.
1

Crédito: David Mark/Pixabay

Oficiais da Casa Branca, sede oficial do poder executivo dos Estados Unidos, reuniram os principais representantes do setor de tecnologia do país para tratar do coronavírus, na quarta-feira (11). Segundo informações da Nasdaq, o objetivo da reunião era debater formas de contribuição, relacionadas à tecnologia, para combater a proliferação do vírus. Além de pontuar de quais maneiras o governo pode colaborar com o setor privado.

Agora, a atenção das autoridades tem se voltado à prevenção e cuidados com a covid-19. Afinal, a doença causada pelo vírus já matou cerca de 30 pessoas nos EUA. E também infectou mais de mil americanos e superou a marca de 100 mil pessoas infectados no mundo todo.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

A Nasdaq divulgou que o Diretor de Tecnologia dos EUA, Michael Kratsios, informou às empresas sobre o tratamento de dados. Segundo a explicação da Casa Branca, a ideia é lançar um novo banco com textos acadêmicos completos sobre o coronavírus. E que as companhias usem ferramentas para auxiliar o corpo médico e pesquisa. Como, por exemplo, a “inteligência artificial, para ajudar os pesquisadores médicos a coletarem informações científicas desta coleção de artigos.”

“As empresas de tecnologia de ponta, e as principais plataformas online, desempenharão um papel crítico nesse esforço prático”, afirmou Kratsios.

Dentre as empresas participantes estavam a Amazon, Apple, Facebook, Google, IBM, Microsoft e Twitter. Todas participaram da reunião com a Casa Branca por teleconferência. Também estiveram presentes, tanto pessoalmente, quanto por teleconferência, diversas agências de saúde americanas e outros órgãos.

Casa Branca chama outros setores

Outros assuntos discutidos na reunião da Casa Branca abordavam a necessidade de coordenação para o melhor o compartilhamento de informações. Assim como as melhores práticas para eliminar as informações erradas – como as fakenews. E, por fim, o zelo das empresas de tecnologia em relação ao trabalho remoto e de telessaúde.

Diante do cenário, representantes dos setores aéreo, financeiro e de saúde também estão sendo chamados para reuniões na Casa Branca. Segundo a Nasdaq, com o propósito de serem orientados e debaterem como podem contribuir para lidar com a difusão do coronavírus.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.