Casa Branca avisa companhias aéreas que pode suspender voos da China para os EUA por coronavírus

Angélica Weise
Jornalista formada pela UNISC e com Mestrado pela UFSM. Escreve sobre tecnologia, política, criptomoedas e atualidades.

Crédito: Pixabay

Preocupado com o surto de coronavírus que infectou milhares de pessoas em todo o mundo, e já matou 132 pessoas, as Autoridades da Casa Branca disseram às companhias aéreas dos EUA que o governo Trump está considerando suspender voos da China para os EUA.

Durante uma teleconferência na terça-feira (28), as autoridades americanas se pronunciaram sobre medidas a serem adotadas.

Conforme pessoas familiarizadas com essas conversas,  consta proibição temporária de voos na China.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.

Até o momento não foi confirmado se haverá proibição imediata das viagens aéreas da China, mas autoridades do governo estão constantemente avaliando a situação.

Por sua vez, a companhia aérea United Airlines se pronunciou dizendo que pode cancelar dezenas de voos para Hong Kong e China continental à medida que o surto se agravar.