Carrefour (CRFB3): Cade aprova aquisição de lojas do Makro

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Carrefour CRFB3 tem aprovação do Cade para aquisição do Makro

O Carrefour (CRFB3) anunciou que a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição de 30 lojas operadas pela rede Makro.

O negócio envolve 22 lojas próprias do Makro, 8 alugadas e 14 postos de combustíveis, localizados em 17 estados brasileiros.

De acordo com o Carrefour, a conclusão do negócio ainda depende do cumprimento de determinadas condições, incluindo, especialmente, o acordo dos proprietários das lojas alugadas e o trânsito em julgado da decisão proferida pelo Cade.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

A aquisição foi anunciada pelo Carrefour em fevereiro, pelo valor de R$ 1,953 bilhão. As 30 lojas do Makro, que acrescentam 165.000 m² de área de venda ao Carrefour, tiveram em 2019 vendas brutas de aproximadamente R$ 2,8 bilhões.

Segundo a companhia, essas unidades possuem grande complementaridade geográfica com as lojas já existentes da rede de atacado do grupo, o Atacadão.

Na ocasião, o presidente do Carrefour, Alexandre Bompard, anunciou que a transação representava o momento mais importante do Carrefour no Brasil.

O Makro, controlado pelo grupo holandês SHV, ainda ficou com 24 lojas no estado de São Paulo.