Carrefour (CRFB3) tem lucro acima do esperado no 3TRI, diz Eleven

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Em relatório, a Eleven disse que o lucro líquido ajustado de R$ 757 milhões reportado pelo Carrefour (CRFB3) foi acima do esperado e a margem líquida atingiu patamar recorde de 4,3% no terceiro trimestre de 2020, alta de 1,1 ponto percentual.

O resultado é fruto principalmente do forte desempenho de vendas da divisão cash and carry (Atacadão) e varejo (Carrefour) no período. Já a surpresa negativa foi o prejuízo do banco Carrefour por conta do aumento da carga de risco (+47% a/a) e decisão de reforço de provisão de R$ 180 milhões para evitar aumento da inadimplência futura.

A Eleven Acredita que o resultado já esteja precificado e portanto não deve surtir reação no desempenho de curto prazo, pois a divulgação das vendas no final de outubro e os ganhos de market share no período já sinalizavam uma boa performance operacional para o trimestre, que só foi ofuscado pelo desempenho abaixo do esperado do Banco Carrefour.

Tio Huli, EconoMirna, Natalia Dalat e outros tubarões do mercado de Investimentos.

Não perca!

Dessa forma, a casa de análise mantem recomendação neutra para Carrefour, com preço-alvo de R$ 25,00.

Atacadão tem Ebtida 2,4 vezes maior que Carrefour Varejo

O Atacadão apresentou crescimento de vendas líquidas de 31% na comparação ano a ano e manutenção da margem bruta em 15,1%, o que ficou em linha com as estimativas da Eleven e resultou em forte alavancagem operacional.

O lucro antes de juros, amortização, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) teve alta de 51% em relação ao mesmo trimestre de 2019 e atingiu quase R$ 1 bilhão no trimestre.

Já a margem Ebitda expandiu 1,1 p.p. para 8,0%, 31% melhor do que o estimado.

De acordo com a Eleven, o modelo de negócios do atacarejo é extremamente competitivo e eficiente, de modo que o resultado operacional é potencializado quando ocorre um forte incremento em vendas, como observado no trimestre.

A margem Ebitda foi igual nos dois segmentos, em 8%, porém a estrutura de despesas do Atacadão é de 8% das vendas líquidas ante 20% no Carrefour.

Ou seja, o Ebitda do Atacadão foi 2,4x maior que o Ebitda reportado no Carrefour varejo em um mesmo trimestre.

Varejo

A receita líquida do Carrefour Varejo foi de R$ 5,1 bilhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 17% maior em relação ao terceiro trimestre de 2019, com incremento de 0,3 p.p. na margem bruta para 26,3%, porém ficou abaixo da expectativa de margem bruta no patamar de 27% no trimestre.

A divisão também mostrou um bom controle de despesas com aumento de despesas de SG&A de apenas 6% a/a no terceiro trimestre para R$948 milhões, ou 18,4% das vendas, também mostrando uma ótima alavancagem operacional.

Enquanto isso, o Ebitda reportado foi 62% maior a/a para R$410 milhões, em linha com as estimativas da eleven. A margem Ebitda evolui de 2,2 p.p. no trimestre para 8,0%, levemente acima do projetado.

Banco Carrefour decepciona

Conforme a Eleven, a mudança no comportamento do consumidor desde o início da pandemia resultou na desaceleração da receita com juros, o que explica a queda de 19% a/a na receita com intermediação financeira.

O banco optou por adotar uma postura mais conservadora e optou por reforçar o provisionamento da sua carteira em R$ 180 milhões.

Além disso, a Eleven destaca ainda um aumento da carga de risco da ordem de 48% no trimestre, porém um bom controle de despesas (+3% a/a).

Todavia a combinação do aumento do provisionamento e queda de receita resultou em um Ebitda negativo de R$ 4 milhões no trimestre contra projeção da Eleven de um EBITDA positivo de R$ 146 milhões.

Por outro lado, o banco Carrefour obteve um crédito de imposto de renda de R$ 26 milhões, amortecendo o prejuízo no lucro. Ao final de setembro o banco optou por internalizar os serviços de emissão de boletos bancários que reduzirá o custo de cobranças e contribuirá para melhora na eficiência da operação nos próximos trimestres.

Confira os principais números do balanço do Carrefour (CRFB3):