Carrefour (CRFB3) aprova aumento do capital e Ferbasa (FESA4) informa financiamento

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Carrefour

O Carrefour (CRFB3) aprovou aumento do capital, em função do exercício de opções de compra, conforme fato relevante publicado nesta segunda-feira (1).

O valor total do aumento de capital foi de R$ 893,9 mil. O novo capital social da empresa, após o aumento de capital, é de R$ 7,646 bilhões.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Foram emitidas 76,4 mil novas ações ordinárias, com preço de emissão de R$ 11,70 por ação.

De acordo com o Carrefour, o percentual de diluição resultante da emissão é de 0,003849%.

Ferbasa aprova financiamento de R$ 50 mi

O Conselho de Administração da Ferbasa (FESA4) aprovou financiamento, por emissão de CCB, junto ao Santander, de R$ 50 milhões.

O empréstimo terá um prazo de 5 anos, sem garantias, com amortização e juros anuais, sendo facultada a liquidação antecipada da dívida.

Casan aprova aumento de capital

A Casan (CASN4) aprovou aumento de capital de até R$ 57,9 milhões, por emissão de 49,1 milhões de ações.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Caso haja a subscrição total, o capital social da empresa passará de R$ 842,2 milhões para R$ 900,2 milhões.

O preço de subscrição de cada ação ordinária e Preferencial corresponde ao valor patrimonial de R$ 1,177839737.

De acordo com a Casan, o aumento do capital se dá em função de valores contabilizados para futuro aumento de capital de créditos de dividendos de exercícios anteriores retidos dos acionistas: Governo do Estado, SC Parcerias, CELESC e CODESC, com a finalidade de aplicação em obras da empresa.

O número de ações passou de 357.547.216 ações ordinárias e 357.547.216 ações preferenciais, para R$ 382.485.169 ações ordinárias e 381.804.917 ações preferenciais.

Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir