Carrefour (CRFB3) tem alta de 74,9% do lucro no 2TRI20

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Carrefour/Divulgação

O Carrefour (CRFB3) reportou seus resultados do segundo trimestre de 2020, nesta segunda-feira (27).

O lucro líquido atingiu R$ 713 milhões, um desempenho 74,9% superior ao registrado em igual período de 2019.

A empresa informou que o resultado reflete a alavancagem do negócio com o forte desempenho operacional.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 142 milhões, um aumento de 13,6%.

As despesas somaram R$ 2,006 bilhões no trimestre, um aumento de 5,2%.

Vendas online disparam

O GMV alimentar do Carrefour cresceu 377% e não alimentar 65% ,trazendo a rentabilidade próxima ao breakeven.

De acordo com a empresa, o desempenho foi beneficiado pelo contexto atual e suportado pelos investimentos anteriores, no crescimento do e-commerce no trimestre foi equivalente a 3 anos.

Aproximadamente 60% das vendas vêm de novos clientes e 70% deles são totalmente novos no ecossistema. Como reflexo do alto nível de serviço, a taxa de recompra aumentou, levando a penetração do canal a subir para 8% em alimentos (14-19% nas cidades mais desenvolvidas) e 39% em eletrodomésticos.

Carrefour Brasil, Carrefour, coronavirus

Ebtida cresce 27,5%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) somou R$ 1,424 bilhão, uma elevação de 27,5%.

Já a margem Ebtida ajustada ficou em 9%, alta de 0,9 ponto percentual.

Receita sobe 14,7%

A receita líquida totalizou R$ 15,9 bilhões, um incremento de 14,7% na comparação anual.

O lucro bruto subiu 13,6% no período, somando R$ 3,4 bilhões.

Enquanto, a margem bruta ficou em 21,5%, retração de 0,2 p.p.

De acordo com o Carrefour, o desempenho foi impulsionado por fortes vendas brutas tanto no Atacadão como no Carrefour Varejo e ganhos de eficiência.

Dívida Carrefour

A dívida líquida do Carrefour encerrou junho em R$ 4,7 bilhões.

A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida/Ebtida ficou em 0,52 vez no final de junho, ante 0,45 no mesmo período de 2019.

Investimentos

O Carrefour investiu R$ 323 milhões no segundo trimestre deste ano.

A companhia abriu uma nova loja do Atacadão, além das quatro que haviam sido inauguradas no primeiro trimestre.

Conforme a empresa, o ritmo de expansão foi reduzido por causa da pandemia do novo coronavírus.

atacad-o-carrefour

Proventos

O Conselho de Administração aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio, no valor de R$ 482 milhões (R$ 0,242818828 por ação).

O pagamento será realizado em duas parcelas de R$ 241 milhões cada em 25 de setembro e 23 de novembro. Com base na posição acionária de 21 de agosto de 2020.