Carrefour (CRFB3) adquire Grupo Big Brasil por R$ 7,5 bilhões

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Divulgação/ Carrefour

O Carrefour Brasil (CRFB3) celebrou acordo nesta quarta-feira (24) para aquisição da totalidade do Grupo BIG Brasil pelo montante total de R$ 7,5 bilhões.

A companhia adquirirá 70% das ações ordinárias do Grupo BIG, pelo montante de R$ 5,250 bilhões, em dinheiro.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Na mesma data, uma assembleia geral extraordinária da companhia deliberará a incorporação das ações ordinárias representativas dos 30% remanescentes do capital social do Grupo Big.

No âmbito da incorporação, cada ação ordinária de emissão do Grupo Big será substituída por ações ordinárias de emissão do Carrefour, sendo emitido um total de 116.822.430 ações ordinárias, as quais não poderão ser transferidas pelos vendedores por um período de até 6 meses da consumação da operação.

De acordo com a nota, os vendedores poderão converter a transação para que seja integralmente em dinheiro, sem a incorporação de ações, pelo montante total de R$ 7,5 bilhões.

O Carrefour realizará adiantamento de R$ 900 milhões aos vendedores, em dinheiro e em até 10 dias úteis após assinatura do acordo, que será deduzido do montante total final da operação quando for concluída.

A companhia informou que dará maiores detalhes sobre a operação em teleconferência hoje às 10 horas.

Racional para aquisição do Grupo BIG

De acordo com o Atacadão, a aquisição do Grupo BIG expandirá a presença do Carrefour Brasil em regiões onde tem penetração limitada, como o Nordeste e Sul do país, e que oferecem forte potencial de crescimento.

A aquisição permite que o Carrefour Brasil expanda seus formatos tradicionais (principalmente Atacado e Hipermercados).

Conforme a nota, a transação também vai reforçar a presença do Carrefour Brasil em formatos nos quais tem presença mais limitada, em particular os supermercados (99 lojas Bompreço e Nacional) e soft discount (97 lojas Todo Dia).

Além disso, o Grupo Carrefour Brasil atuará em um novo segmento de mercado com o formato Sam’s Club, através de um contrato de licenciamento com o Walmart Inc..

Este modelo de negócios único, premium e altamente rentável, voltado para o segmento B2C, é baseado em um sistema de associados, com mais de 2 milhões de membros, e tem um forte foco em produtos de marca própria.

O Grupo BIG detém o ativo imobiliário de 181 lojas (47% do total) e 38 propriedades adicionais, totalizando aproximadamente R$ 7 bilhões de valor imobiliário, de acordo com uma análise independente.

Conforme o comunicado, a complementaridade dos dois grupos enriquecerá o ecossistema de produtos e serviços do Carrefour Brasil, que atualmente atende mais de 45 milhões de clientes, e ampliará a sua base de clientes com a adição de mais de 15 milhões de clientes do Grupo BIG.

Lojas

O Grupo Carrefour Brasil planeja otimizar a rede de lojas convertendo as unidades Maxxi para a bandeira Atacadão.

A Companhia também espera converter parte das lojas BIG e BIG Bompreço para as bandeiras Atacadão ou Sam’s Club. Dessa forma, as demais lojas serão convertidas para a bandeira de hipermercado Carrefour.

Sinergias

O Carrefour Brasil identificou potencial de sinergia significativo desde o primeiro ano, aumentando gradualmente para representar uma contribuição adicional líquida ao Ebitda de R$1,7 bilhão anualmente, três anos após a conclusão da operação.

As sinergias esperadas incluem:

  • ganhos relacionados à maior densidade de vendas e alinhamento de margens para aumentar rapidamente a rentabilidade da loja;
  • receita relacionada à oferta de serviços financeiros do Banco Carrefour no escopo das novas lojas, alavancando a proposta de valor do Grupo Carrefour Brasil (cartões de crédito, carteira digital, terminais de pagamento B2B e crédito);
  • aceleração do crescimento das ofertas digitais do Grupo Carrefour Brasil (e-commerce alimentar e não alimentar, marketplace B2C e B2B, parcerias para serviço de entrega rápida, etc.) por meio da base de clientes do Grupo BIG e sua rede;
  • otimização de custos e despesas indiretas, além de maior eficiência na cadeia de suprimentos.