Petrobras (PETR3 PETR4) tem parecer desfavorável do CARF em cobrança de R$ 9 bi

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Reprodução/Agência Petrobras

A Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) deu decisão desfavorável à Petrobras (PETR3 PETR4) em processo administrativo que trata da cobrança de PIS/COFINS-Importação sobre as remessas ao exterior para pagamento de contratos de afretamento, referente aos anos de 2011 e 2012, no valor aproximado de R$ 9 bilhões. A informação foi confirmada pela Petrobras em comunicado ao mercado.

A Petrobras diz na nota que aguarda a intimação da decisão e “adotará as medidas judiciais cabíveis para a sua defesa”.