Camil (CAML3) pagará juros sobre o capital próprio; Positivo (POSI3) recompra até 6 milhões de ações

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / YouTube / Camil

A Camil (CAML3) aprovou nesta terça-feira (9) pagamento aos acionistas de juros sobre capital próprio (JCP) referentes ao exercício social encerrado em 29 de fevereiro de 2020. O valor bruto é de R$ 15 milhões, correspondente ao valor bruto unitário de R$0,0405405405 por ação ordinária.

A empresa informa que terão direito ao JCP “todos os acionistas detentores de ações ordinárias de emissão na data base de 12 de junho de 2020”.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

“As negociações de ações da companhia, a partir do dia 15 de junho de 2020, inclusive, serão realizadas na condição “ex-juros sobre capital próprio”, ressalta, em nota, a Camil.

Os JCP serão pagos no dia 24 de junho de 2020.

Positivo (POSI3): recompra de até 6 mi de ações ON

A Positivo (POSI3) aprovou o programa de recompra de ações de emissão da própria companhia, até o limite de 6 milhões de ações ordinárias, com prazo de aquisição de 10 de junho de 2020 a 10 de junho de 2021.

“As operações de aquisição serão realizadas a preço de mercado, no pregão da B3 (B3SA3), com a intermediação da instituição financeira BTG Pactual”, diz a Positivo em nota.

O objetivo da empresa é manter em tesouraria para posterior cancelamento ou alienação sem redução do capital social, “podendo ainda estas ações serem utilizadas para atender ao exercício de opções no âmbito dos programas de opção de compra de ações da companhia”.

A quantidade de ações da Positivo circulando no mercado é de 78.616.498. São 1.090.408 ações mantidas em tesouraria no momento.

Saraiva (SLED4) informa mudança de participação

A Saraiva (SLED3 SLED4), ainda em recuperação judicial, informou que um dos seus acionistas, por meio de operações realizadas em bolsa de valores, reduziu a participação em ações ordinárias da empresa, passando a administrar um total de 1,7 milhão de ações, correspondentes a 9,13% do total da Saraiva.

“Trata-se de um investimento minoritário que não altera a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia”, informa a empresa em nota.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo