Camil (CAML3) tem alta de 245,6% no lucro no 2TRI

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Camil Alimentos

A Camil (CAML3) reportou nesta quinta-feira (8) um lucro líquido de R$ 138,6 milhões no segundo trimestre de 2020.

Isso representa um aumento de 245,6% na comparação com igual período do ano passado.

A margem líquida subiu 4 pontos percentuais no período, atingindo 7,2%.

EmpreendedorismoTécnicas para Renda Fixa. Estratégias para proteção de investimentos.

Tudo isso hoje na MoneyWeek

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 14,4 milhões no segundo trimestre, uma redução de 21,1% sobre as perdas financeiras.

A Camil atribui o resultado principalmente aos efeitos decorrentes do impacto da variação cambial e derivativos no período.

O volume total de grãos atingiu 586,3 mil toneladas no segundo trimestre deste ano, alta de 20,2%.

Já no Brasil a produção totalizou 397,2 mil toneladas, um incremento de 16%.

Enquanto as exportações alcançaram 189,1 mil toneladas, o que representa crescimento de 30,2%.

Ebtida avança 133,8%

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) somou R$ 207,5 milhões, o que representa um crescimento de 133,8% em relação ao mesmo trimestre de 2019.

A margem Ebtida alcançou 10,8% no segundo trimestre deste ano, alta de 3,6 p.p.

Conforme a Camil, o resultado é fruto da gradual retomada da capacidade de repasse de preços de grãos e pescados no Brasil, contínua melhoria em rentabilidade no Internacional e diluição de custos e despesas do SG&A.

Camil Alimentos

Receita cresce 56,3%

A receita líquida da Camil totalizou R$ 1,912 bilhão no período, uma elevação de 56,3% na comparação anual.

De acordo com a empresa, o desempenho foi impulsionada pelo crescimento de vendas de grãos, açúcar e pescados.

O lucro bruto cresceu 53,2% no segundo trimestre de 2020, somando R$ 434,5 milhões.

Enquanto a margem bruta ficou em 22,7%, baixa de 0,5 ponto percentual.

Capex e dívida

O Capex da Camil atingiu R$ 27,1 milhões no trimestre, queda de 29,1%. Os aportes foram destinados principalmente para manutenção.

A dívida líquida da Camil encerrou o segundo trimestre em R$ 1,327 bilhão, alta de 4,3%

Já a alavancagem financeira, medida pela dívida líquida / Ebtida, ficou em 2 vezes no final do segundo trimestre. Um ano antes a alavancagem era de 2,9 vezes.

Veja os principais destaques do balanço da Camil: