Camil (CAML3) tem alta de 1,7% no lucro do 4TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Reprodução / YouTube / Camil

A Camil (CAML3) registrou lucro líquido de R$ 85,1 milhões no quarto trimestre fiscal de 2020, alta de 1,7% no comparativo com o mesmo período de 2019. O período abrange os meses entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021.

A margem líquida ficou em 4,6% no 4TRI20 contra 5,6% no 4TRI19.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

No acumulado dos últimos 12 meses, até fevereiro de 2021, a Camil (CAML3) registrou lucro líquido de R$ 462,7 milhões. O valor é 93,1% maior do que o mesmo indicador computado até fevereiro de 2020, quando a empresa lucrou R$ 239,6 milhões.

Veja o balanço na íntegra.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.

Lucro líquido

  • Lucro 4TRI20: R$ 85,1 milhões
  • Lucro 4TRI19: R$ 83,6 milhões

Ebitda

  • Ebitda 4TRI20: R$ 146 milhões
  • Ebitda 4TRI19: R$ 137,1 milhões

Receita líquida

  • Receita 4TRI20: R$ 1,83 bilhão
  • Receita 4TRI19: R$ 1,49 bilhão

Ebitda da Camil (CAML3) tem alta de 6,5%

O Ebitda da Camil (CAML3) foi de R$ 146 milhões no 4TRI20. O valor foi 6,5% maior do que os R$ 137,1 milhões do 4TRI19.

Já a margem Ebitda do período passou de 9,2% (4TRI19) para 8% (4TRI20).

No acumulado dos últimos 12 meses até fevereiro de 2021, a Camil (CAML3) registrou Ebitda de R$ 787 milhões. Ou seja, alta de 78,2% em relação aos R$ 441,7 milhões dos últimos meses até fevereiro de 2020.

Receita tem aumento de 22,7% no 4TRI20

A receita líquida da Camil (CAML3) cresceu 22,7% do 4TRI19 para o 4TRI20. O indicador passou de R$ 1,49 bilhão para R$ 1,8 bilhão.

A alta foi liderada pelo segmento alimentício Brasil, que registrou crescimento de 25,4%. Já o setor alimentício internacional teve alta de 15,5% no período.

No acumulado dos últimos 12 meses até fevereiro de 2021 a Camil (CAML3) registrou receita líquida de R$ 7,466 bilhões. Ou seja, alta de 38,4% frente aos R$ 5,39 bilhões dos últimos 12 meses até fevereiro de 2020.

Neste comparativo, a alta maior foi do segmento internacional, com 42,6%. O setor alimentício Brasil teve aumento de receita de 36,8%.

Outros indicadores da Camil (CAML3)

  • Trimestre marcado pela redução de volumes frente ao ano anterior; com crescimento do volume de vendas no ano de 2020 no Brasil de +3,4% a/a (Grãos +1,1% e Açúcar +7,8% a/a) e no Internacional de +6,8% a/a (+9,4% Uruguai a/a);
  • O Capex foi de R$78,9 milhões (+151,3% a/a) no trimestre e R$ 196,8 milhões (+45,2% a/a) no ano;
  • A Dívida Líquida/EBITDA UDM da Camil (CAML3) encerrou o 4TRI20 em 1,4x;
  • O resultado financeiro líquido atingiu uma despesa de R$24,4 milhões no 4TRI20 (+78,7% a/a) em função, principalmente de juros sobre financiamentos e reconhecimento financeiro de crédito extemporâneo presumido referente à subvenção de ICMS.