Câmeras da Amazon expõem dados sem consentimento de usuários, diz site

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo

Crédito: Divulgação

Câmeras de vigilância da Amazon expõem dados, como nome e localização, sem consentimento de usuários, segundo o jornal Valor Econômico. A organização não governamental EFF (Eletronic Frontier Foundation), denunciou a Ring, empresa de câmeras de vigilância adquirida pela Amazon em 2018, de disponibilizar as informações a terceiros.

Foram dados como nome e localização dos dispositivos, nome dos usuários e e-mails. Eles eram fornecidos para o Facebook e outras três empresas de análise de dados, segundo análise feita pela EFF.

A Ring disponibiliza no seu site uma lista de parceiros com os quais compartilha informações. Mas só um deles constava no teste da EFF.

Contudo, a Amazon já se teve polêmicas envolvendo a Ring. A companhia oferece vídeo-porteiros e câmeras de monitoramento que podem ser acessadas remotamente via aplicativo.

Em julho de 2019, o site Motherboard, revelou que a empresa firmou parceria com 231 distritos policiais nos EUA. Através de um sistema, os policiais poderiam solicitar ao usuário acesso a imagens das suas câmeras. Isso sem a expedição de um mandado.

Documentos obtidos pelo site indicavam que o acordo sugeria que os agentes promovessem o produto nas comunidades, como forma de aumentar a segurança. Em dezembro do mesmo ano, o site de notícias americano “Buzzfeed” descobriu que hackers tiveram acesso a dados como login e senha de quase 4.000 consumidores. A Ring afirmou, à época, que os dados não tinham sido obtidos por invasão do sistema, sem dar mais detalhes.

Na última quinta da semana passada (30), a Ring anunciou o lançamento de uma nova aplicação, que permite aos usuários maior controle de privacidade, escolhendo quais dispositivos podem acessar a conta e se querem ou não compartilhar dados com a polícia. O produto não está disponível no Brasil.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374