Câmara Brasileira da Indústria da Construção prevê 150 mil novos postos de trabalho em 2020

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.

Crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil

A CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) está otimista em relação ao futuro da construção civil no Brasil.

Segundo relatório divulgado nesta segunda-feira (6) e noticiado pelo jornal Extra, a previsão é de um crescimento de 3% no setor em 2020, o que representaria, na prática, a abertura de 150 mil novos postos de trabalho formais até o fim do ano.

“Esse número de vagas pode até crescer mais, caso o mercado imobiliário continue surpreendendo com os lançamentos”, projetou José Carlos Martins, presidente da CBIC.

A inflação sob controle, o aumento da confiança do empresariado no País e a manutenção da baixa taxa de juros formam o cenário ideal para esse crescimento do setor.

A matéria do Extra apontou ainda que o setor fechou 2019 com 580 mil novas moradias construídas e que a previsão para 2020 é de entregar ao menos 1 milhão de unidades.

O Programa Minha Casa, Minha Vida, especialmente em sua faixa 1, com famílias que ganham até R$ 1,8 mil e recebem os maiores subsídios, segue sendo o principal enigma para 2020.