Câmara aprova volta das coligações; veja mais notícias

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A adoção do sistema de votação pelo voto distrital, o chamado “distritão”, foi derrotada na Câmara dos Deputados. De acordo com o jornal Valor Econômico, no entanto, o retorno das coligações foi aprovado para as eleições do próximo ano.

De acordo com O Estado de S.Paulo, o retorno das coligações ajuda a fortalecer partidos ameaçados com baixa votação. Já a Folha de S.Paulo informa que a medida por ampliar o leque de partidos políticos no país. O texto aprovado vai para o segundo turno de votação e, em seguida, ao Senado.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O tema foi pauta da votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma política. Outros destaques serão votados nesta quinta-feira (12).

Congresso tenta liberar R$ 7 bi para eleições de 2022

Parlamentares tentam articular a liberação de R$ 7 bilhões para as eleições do ano que vem. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, após aprovação de R$ 5,7 bilhões para o fundo, deputados tentam liberação de mais R$ 1,3 bilhão ao fundo.

Pressão leva a adiamento de alterações no IR

As votação sobre mudanças no Imposto de Renda é adiada pela Câmara dos Deputados. De acordo com O Estado de S.Paulo, isto ocorre por pressões sobre os deputados.

Representantes das indústrias e dos governos regionais dizem que a proposta vai aumentar a carga tributária e provocar maior insegurança jurídica.

Inflação em alta recupera renda fixa

A alta da inflação tem feito os investidores a voltarem a olhar para a renda fixa. Segundo o Valor Econômico, a elevação do IPCA tem ajudado a captação líquida deste investimento. A captação em julho cresceu em 515% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Pessoa física vai à B3 com valor de até R$ 200

Levantamento divulgado pelo jornal Valor Econômico mostrou que 42% dos novos entrantes na B3, sendo investidores pessoas físicas entraram na bolsa com investimentos de até R$ 200.

De acordo com a pesquisa, isto resultou em uma média de R$ 352 por investidor pessoa física, considerada a mais baixa da média histórica.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo