Plenário da Câmara aprova regime de urgência para votar Plano Mansueto

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Flickr

Foi aprovado na Câmara dos Deputados, por 440 votos a 15, o regime de urgência para votar o Projeto de Lei Complementar 149/19, conhecido como Plano Mansueto, que modifica alguma regras para prestar socorro financeiro aos estados no regime de recuperação fiscal, nesta sexta-feira (3).

O texto original foi elaborado por Mansueto Almeida, secretário do Tesouro Nacional. O relator do projeto é o deputado Pedro Paulo (DEM-RJ). A proposta determina regras para refinanciamento de dívidas de estados e municípios com a União. As informações são da Agência Câmara de Notícias

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, convocou nova reunião na próxima segunda-feira (6), às 15h.