Caixa Seguridade fecha acordo para explorar setor de consórcio

Marcello Sigwalt
null

Crédito: Site Sunosearch

Para estimular a competição no mercado de seguros, a Caixa Seguridade publicou, nesta quinta-feira (13), fato relevante sobre acordo de associação com a CNP Assurances.

O acordo visa explorar, por 20 anos, a área de consórcio por meio da rede Balcão CAIXA.

Pelo Acordo CNP, a Caixa Seguridade passa a ter 75% de participação no capital total da nova sociedade – batizada de Nova Companhia – o que corresponde a 49,99% das ações ordinárias e 100% das ações preferenciais da nova empresa.

Simule o rendimento de investimentos em Renda Fixa

Aumente seus ganhos. Consulte nossa Planilha de Monitoramento de Carteira

Subscrição de R$ 250 mi

A CNP, por sua vez, detém agora 50,01% das ações ordinárias (25% do capital total da Nova Companhia), o que demandará a subscrição de R$ 250 milhões, que serão repassados à Caixa Econômica (CEF), nos termos da outorga concedida (upfront).

Ao mesmo tempo, a Caixa Seguridade formalizará com a Nova Companhia um contrato de distribuição. Isso conferirá à Nova Companhia o direito de explorar o Balcão Caixa por duas décadas.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Intermediários indicados

O acordo prevê, ainda, que a Nova Companhia remunerará intermediários indicados pela Caixa Seguridade “com as despesas totais de comercialização por produto em valores pré-definidos – comissão de distribuição.

Sua gestão e governança terão regime compartilhado entre a Caixa Seguridade e a CNP, tem em vista ‘potencializar’ os ‘pontos fortes’ do acionista, com base nas ‘melhores práticas de governança corporativa.]

Fechamento da transação

Ainda de acordo com o Fato Relevante, o fechamento da transação – que deverá ocorrer até 4 de janeiro de 2021 – está sujeito “ao cumprimento de todas as condições estabelecidas no acordo de associação, incluindo as aprovações legais e regulatórias aplicáveis.

Quais os melhores investimentos para 2020? Conheça nossas sugestões aqui