Caixa Seguridade aprova cisão parcial de sua subsidiária integral

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Flickr

O conselho de administração da Caixa Seguridade divulgou na noite de ontem, 8, a aprovação da cisão parcial envolvendo subsidiária integral da companhia.

Desse modo, com a aprovação pelo conselho, em 27 de agosto de 2020, a Caixa Seguridade realizou a incorporação das ações da XS2 Participações ao patrimônio da Holding XS1, subsidiária integral da Caixa Seguridade.

A operação foi realizada mediante aumento do capital a ser efetuado pela Caixa Seguridade, de modo que a mesma integralizará o aumento do capital social da XS1 com a totalidade das ações de sua titularidade na XS2.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Sinqia (SQIA3): acionistas não terão direito de retirada

A Sinqia, provedora de tecnologia para o sistema financeiro, informou em fato relevante nessa quarta-feira (9) que, em relação à aquisição da Itaú Administração Previdenciária (ISP), anunciada em 4 de agosto, os acionistas dissidentes do negócio não terão direito de retirada, diferentemente do que foi afirmado anteriormente.

Isso porque, ao concluir o laudo de avaliação, a companhia constatou que o preço a ser pago por quota da Itaú Soluções Previdenciárias (ISP) não ultrapassa 1,5x o maior dos três valores estabelecidos. A transação será analisada em assembleia geral extraordinária marcada para 24 de setembro.

O Itaú Administração Previdenciária inclui a totalidade das operações da Itaú Soluções Previdenciárias (ISP). Na ocasião, A Sinqia informou que o valor da aquisição era de R$ 82 milhões.