Caixa adia cobrança de tarifa de uso do cheque especial, diz site

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo
1

Crédito: Reprodução / Facebook

A Caixa Econômica Federal também adiou cobrança de tarifa de uso do cheque especial. A instituição segue o exemplo de outros bancos, informou o site 6 Minutos. Os bancos estão autorizados a cobrar essa taxa a partir de segunda-feira (6).

Esta medida faz parte de uma resolução do Conselho Monetário Nacional(CMN ), que limitou a cobrança dos juros dessa modalidade de crédito.

“Neste momento, nenhuma tarifa adicional autorizada pela referida resolução será cobrada dos clientes e que qualquer alteração na política de cobrança, caso necessário, será feita mediante a prévia e ampla comunicação”, informou a Caixa em nota.

Algumas instituições já informaram que vão isentar seus clientes da cobrança. Esse é o caso do Banco do Brasil e C6 Bank. Outras instituições, como a Caixa, vão isentar em um primeiro momento. Esse é o caso do Itaú Unibanco.

“O Itaú Unibanco decidiu não cobrar a tarifa de 0,25% ao mês de clientes que tenham limite de cheque especial acima de R$ 500 nesse primeiro momento. Qualquer eventual alteração nesta política será comunicada com a antecedência devida e nos canais adequados”, diz o banco.

Já o Bradesco informou que não cobrará a tarifa até junho deste ano. Depois disso, vai analisar melhor o caso.