Caged: 313.902 vagas formais de trabalho foram abertas em setembro

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Agência Brasil

O Brasil abriu 313.902 vagas formais de trabalho em setembro, desempenho abaixo do esperado. Conforme os dados, o número também é inferior ao registrado no mesmo período do ano passado. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta terça-feira (26) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Em setembro de 2020, o resultado foi de uma abertura de 319.151 vagas, na série com ajustes.

Mesmo assim, o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, ressaltou que foi mantida a tendência de abertura de mais de 300 mil vagas ao mês. “É a expectativa que todos nós temos de atingir números ainda maiores dentro deste 2021”, disse ele, em coletiva de imprensa.

Em setembro, os cinco setores pesquisados exibiram saldo positivo. Em especial, o de serviços, com abertura de 143.418 vagas. Aparecem em seguida a indústria geral (+76.169 postos), comércio (+60.809 postos), construção (+24.513 postos) e agricultura e pecuária (+9.084 postos).

De acordo com as informações, no acumulado do ano, foi registrado saldo positivo de 2.512.937 postos. O desempenho é o mais forte para o período na série disponibilizada pelo ministério, com início em 2010. Isso foi classificado pelo ministro como uma “demonstração clara” da recuperação da economia.

De janeiro a setembro do ano passado, houve fechamento de 558.597 postos, por conta da pandemia de Covid-19 e pelas medidas de distanciamento social.

BTG Pactual (BPAC11):
Caged aponta para a criação de 2,5 milhões de postos em 2021

O BTG Pactual (BPAC11) comenta que no mês de setembro, apesar do Caged vir abaixo da mediana das expectativas apuradas pela Bloomberg, o resultado ficou dentro da dimensão das projeções, entre 238 e 400 mil.

Desta forma, a despeito do que os dados de confiança sinalizam em relação às perspectivas ruins sobre o mês de referência, a criação de vagas mostrou resiliência. Ou seja, refletindo, em parte, a sazonalidade positiva do período e a continuidade da retomada da mobilidade social, o que pode ser observado pela forte criação de vagas no setor de Serviços.

O banco segue com perspectivas positivas, considerando o espaço para retomada de alguns subgrupos do segmento de Serviços. Além disso, a necessidade de recomposição de estoques na indústria de transformação pode ser um catalisador para a continuidade de dados positivos no grupo.

Entretanto, os novos riscos fiscais, somados a uma maior inflação e a necessidade de uma Selic em patamar ainda mais contracionista como resposta, podem prejudicar a realização de investimentos, impedindo dados mais expressivos na criação de empregos, principalmente quando os programas governamentais terminarem.