Burger King (BKBR3) anuncia oferta de ações de até R$ 504 milhões

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Reprodução/Wikipedia

O BK Brasil, controladora da Burger King (BKBR3), fará uma oferta de ações de até R$ 504 milhões. A decisão foi aprovada pelo conselho de administração em 6 de novembro.

Inicialmente serão 35 milhões de ações ordinárias nominativa. Até a data do procedimento de bookbuilding a quantidade de ações poderá ter acréscimo de 35%. Ou seja, mais 12,25 milhões de ações.

O preço das ações do Burger King será fixado somente após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento. Porém, ao considerar a cotação de fechamento no dia 6 de novembro, a R$ 10,68 por ação, a oferta inicial pode levantar R$ 378 milhões. Se forem somadas as ações extras, o valor pode chegar aos R$ 504 milhões.

BDRsDay TradeUnicórnios e novos IPOs.

Hoje é dia de insights para investir em 2021.

A oferta pública de distribuição primária do Burger King terá acesso restrito. Ou seja, é direcionada a um público limitado de investidores profissionais.

A precificação será em 17 de novembro e o início das negociações dos papéis será no dia 19 deste mês.

A oferta é coordenada pelo Banco Itaú BBA S.A. e do Banco Santander. Mas também haverá esforços de colocação das ações no exterior pelo Itau BBA USA Securities e pelo Santander Investment Securities, apenas para investidores qualificados.

Segundo o Burger King, os recursos líquidos provenientes da oferta serão destinados para retomar o plano de crescimento de restaurantes Burger King e Popeyes, via expansão e abertura de restaurantes; aceleração das iniciativas de transformação digital e omnicanalidade; e remodelação de restaurantes existentes.

Burger King teve prejuízo de R$ 105,9 milhões no 3TRI20

Na semana passada, o BK Brasil divulgou os resultados do terceiro trimestre deste ano. Foi reportado um prejuízo líquido de R$ 105,9 milhões no período.

Nos nove primeiros meses de 2020, o prejuízo líquido foi de R$ 348,3 milhões ante um lucro líquido de R$ 7,2 milhões um ano antes.

Confira os resultados do Burger King no terceiro trimestre.

O Ebitda ajustado (lucro antes juros, impostos, amortização e depreciação) foi negativo em R$ 11,4 milhões. Recuo de 109,9% na comparação com igual período de 2019.

Por fim, a receita operacional líquida no trimestre caiu 27,8%, para R$ 522,3 milhões, na comparação com o mesmo período de 2019.

 

Precisa de mais informações sobre como investir em renda variável? Basta preencher o formulário abaixo que aEQI Investimentos entrará em contato para ajudá-lo nessa jornada.