BTG: Telefônica (VIVT4) resultado veio pouco abaixo do esperado

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Facebook

Em relatório divulgado nesta quarta-feira (28) sobre os resultados do terceiro trimestre da Telefônica (VIVT4), o BTG Pactual (BPAC11) avaliou que a empresa apresentou um conjunto de resultados nada inspirador, mas com geração de fluxo de caixa muito forte.

Isso porque o banco considerou os resultados um tanto fracos.

A receita de serviço de R$ 10,1 bilhões, queda 3,1% na comparação ano a ano, enquanto o Ebitda de R $ 4,3 bilhões ficou 1,8% abaixo do projetado pelo BTG, encolhendo 3,5% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

A margem Ebitda 40% (queda de 50 bps), pressionado por fortes vendas de aparelhos de baixa margem.

De acordo com o BTG, a geração de caixa foi notável, R$ 3,5 bilhões (+ 34,5%), ajudado por menores investimentos (-26%), impostos e despesas financeiras.

As receitas do pré-pago foram fortes, o pós-pago decepcionou

No último trimestre, o principal impacto da Covid no setor foi no segmento pré-pago, refletindo o fechamento dos canais de recarga física e a desaceleração econômica.

Neste trimestre, a receita da Telefônica pré-paga cresceu 5,8% a / a, um recorde em mais de 2 anos.

Receita pós-paga, por outro lado, recuou 2,5% na comparação anual. As vendas aumentaram 10% no período

Linha fixa declina, mas negócio de FTTH está cresce

A queda nas receitas de telefonia fixa acelerou no trimestre, uma retração de 6,6% na comparação ano a ano.

As receitas dos serviços de banda larga baseada em cobre, TV paga DTH e voz as receitas caíram 25%, 25% e 18%, respectivamente.

As receitas com dados corporativos e TI  também caíram (-9%), afetadas negativamente pela pandemia.

Por outro lado, o negócio FTTH da telefônica está crescendo (as rotações cresceram 56% a / a no trimestre), com a Vivo adicionando 1,5 milhão HPs (atingindo 14,6 milhões) e conectando 267 mil clientes no trimestre (3,1 milhões de clientes FTTH).

FTTH e IPTV representaram juntos 31% das receitas de telefonia fixa, melhorando significativamente o mix de receitas do negócio de linha fixa.

Telefônica: Modelo de negócio resiliente com múltiplos atraentes 

Além de um modelo de negócios resiliente, forte balanço patrimonial e geração de fluxo de caixa, a Telefônica está sendo negociado com uma avaliação muito atraente – 4,2 vezes EV / EBITDA 2021 (vs. pares globais em 6 vez), pagando um dividend yield de 6,7%.

Dessa forma, o BTG recomenda a compra de Telefônica, com preço-alvo de R$ 64,00.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.