BTG (BPAC11): Cosan (CSAN3) reporta fortes resultados na maioria de suas subsidiárias

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Reprodução / Cosan

O BTG Pactual (BPAC11) comentou que a Cosan (CSAN3) registrou resultados fortes na maioria de suas subsidiárias no terceiro trimestre de 2021.

A combinação de volumes muito saudáveis na Comgás, decorrente principalmente do segmento residencial mais rentável, 5% acima da estimava, um bom desempenho na Moove, que mais uma vez conseguiu surpreender positivamente, apesar de alguma desaceleração conforme o repasse de preços se torna mais desafiador, e fortes resultados de renováveis & açúcar (Raízen), foi mais do que suficiente para compensar números mais fracos na Rumo, Compass ex-Comgás e Raízen ex-combustíveis.

Dessa forma, o banco reforçou a recomendação de compra para ações do BTG (BPAC11), com preço-alvo de R$ 39,00.

Ebitda acima do esperado

A Cosan (CSAN3) reportou na última sexta-feira (12) um Ebitda de R$ 3,6 bilhões, ou 5,5% acima de estimativa. Segundo o BTG, o resultado foi explicado principalmente pelo número da Raízen, mas também foi impulsionado pelos fortes números da Comgás e Moove.

Já o lucro líquido foi de R$ 3,3 bilhões impulsionado pelos ganhos de marcação a mercado da Raízen após seu IPO, que junto com os aumentos de capital na Compass, levou a alavancagem líquida a despencar 0,7x t/t para 2,1x Ebitda (últimos 12 meses).

Enquanto o lucro recorrente de R$ 530 milhões foi abaixo do esperado devido a custos financeiros acima do que o projetado.

Cosan (CSAN3): principais números do balanço do 3TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 3TRI21: R$ 3,26 bilhões
  • Lucro 3TRI20: R$ 222,9 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 3TRI21: R$ 3,44 bilhões
  • Ebitda 3TRI20: R$ 3,22 bilhões

Receita líquida

  • Receita 3TRI21: R$ 31,0 bilhões
  • Receita 3TRI20: R$ 19,5 bilhões

Confira as projeções para Cosan (CSAN3):

btg